A equipa sénior feminina do Clube Estrelas Aquáticas da Trofa sagrou-se campeã regional.

A faltar dois jogos para terminar o Campeonato Regional Sénior de Polo Aquático, a equipa feminina do Clube Estrelas Aquáticas da Trofa (CEAT) sagrou-se campeã, ao vencer o Gondomar.

Em jornada antecipada, que decorreu no dia 4 de abril na Piscina Municipal de Rio Tinto, o CEAT venceu o Gondomar, por 14-7, conquistando o título de campeãs regionais. Pela equipa trofense alinharam e marcaram Janete Sousa (Gr), Cátia Gaspar (Gr), Joana Ferreira, Maria João (1), Marta Ribeiro (1), Catarina Araújo, Rita Pereira (4), Ana Cristina (1), Aurélie Mariani (4), Diana Almeida, Naida Mariani (3), Flávia Pacheco e Paula Sousa.
A equipa técnica é constituída por Paulo Borges (treinador), Joana Loureiro (adjunta), Conceição Maia e Paulo Neves (delegados).

Em entrevista ao NT, Paulo Borges contou que, “até ao momento”, a equipa trofense “só” teve “vitórias” e sofreu “muitos poucos golos”, que foi “outro trunfo” na obtenção do título de campeãs. “Matematicamente já temos o 1º lugar garantido. O 2º classificado tem três derrotas connosco e está a nove pontos de distância”, enumerou.

A competição da equipa no Campeonato Regional serve “fundamentalmente de preparação do Campeonato Nacional”, havendo “uma rotação maior” e usando “as jogadoras que têm menos minutos no Nacional”.

No entanto, Paulo Borges, que também treina a equipa que compete no Campeonato Nacional, avançou que, “nesta época”, as equipas têm sentido “bastante dificuldade a nível de condições de treino”, porque “não temos uma piscina na Trofa para treinar” e “na piscina onde estamos a treinar tem existido problemas a nível da temperatura da água”, o que “tem prejudicado bastante o rendimento dos treinos”. Esta situação “acabou por não influenciar” a nível do Campeonato Regional porque, assegura, “o nível das equipas acaba por ser um bocadinho afastado relativamente” a da Trofa, tendo-se apenas “sentido essa falta de treino no Campeonato Nacional”. “No fundo, o Campeonato Regional acaba por servir de apoio e de treino para o Campeonato Nacional”, reforçou.

Também a equipa feminina, que compete na 1ª divisão do Campeonato Nacional de Polo Aquático, venceu o Arsenal, por 20-5, em jogo a contar para a 16ª jornada, que decorreu na tarde de domingo. Pelo CEAT marcaram Joana Ferreira (1), Maria João (2), Marta Ribeiro (4), Catarina Araújo (1), Ana Cristina (1), Rita Pereira (6), Aurelie Mariani (2), Diana Almeida (1) e Naida Mariani (2).

As trofenses estão em 3º lugar, com 31 pontos, a seis do 2º Fluvial Portuense. Para “apurar para a final”, Paulo Borges explicou que “é necessário conseguir os dois primeiros lugares”, sendo que, neste momento, as trofenses estão “dependentes de si próprias”. “Matematicamente dependemos só de nós para conseguir chegar aos dois primeiros lugares”, garantiu, salientando que a próxima jornada, que “foi adiada para o dia 11 de maio”, será “decisiva para saber se ficam nos dois primeiros lugares ou não”.

O treinador aproveitou o momento para fazer um “único apelo”: “Gostava de ter a oportunidade de poder treinar mais na Trofa do que treinamos”.
Já no dia 2 de abril, os juniores masculinos venceram por 18-10 ao CDUP, em jogo a contar para o Campeonato Regional de Polo Aquático. Pela equipa marcaram João Azevedo (2), Nuno Alexandre (7), Francisco Nicola (4), Filipe Fernandes (4), João Neves (1) e José Fernandes (1). “A vitória é obrigatória para o acesso ao Campeonato Nacional. Mais um passo, mas sem treino não se alcançam objetivos”, avançou fonte do clube.

No domingo, 6 de abril, os cadetes mistos deslocaram-se até à Piscina Municipal de Guimarães, para mais uma jornada do Campeonato Regional frente ao Vitória de Guimarães.