escola-benfica-trofa 

Formar uma selecção com os melhores atletas para constituir equipas federadas é o objectivo da Escola de Futebol Geração Benfica da Trofa, que abre no dia 14 de Março. “Promover a ocupação de tempos livres e a prática desportiva” é a base do projecto do Benfica, esclarecem os responsáveis.

O projecto tem assinatura do SL Benfica, mas ter vermelho no coração não é um requisito para integrar a Escola de Futebol Geração Benfica da Trofa. Com as portas abertas “a crianças de todos os clubes”, a escola prepara-se para abrir, já no próximo dia 14 de Março, numa festa que promete muitas surpresas. Juan Bernabé, a águia Vitória e várias pessoas ligadas ao clube serão presenças de destaque na festa de abertura da escola, em simultâneo com outra de Santo Tirso, que decorre no complexo desportivo municipal do concelho tirsense, pelas 15 horas.

Em entrevista ao NT, Bruno Fernandes e José Figueiredo, responsáveis pela Escola Geração Benfica da Trofa, revelam expectativas elevadas relativamente ao projecto que, asseguram, ser “uma mais-valia para a cidade da Trofa”.

O sucesso atingido com a escola de Famalicão, criada há um ano, motivou o SL Benfica a apostar na abertura de mais dois núcleos, um na Trofa e outro em Santo Tirso. Com as escolas da Trofa, Santo Tirso e Famalicão, o objectivo é, segundo os responsáveis, juntar os melhores atletas numa equipa federada para entrar no campeonato nacional. “O objectivo será juntar aqueles atletas que demonstram mais qualidades e mais apetência para a prática de futebol e criar uma selecção destes três núcleos”, avançou Bruno Fernandes. No entanto, o responsável esclarece que as portas do campo estão abertas a todos os que queiram jogar futebol e vestir a camisola do Benfica: “Já temos atletas femininas e damos a todos oportunidade de jogar, mesmo àqueles que vão jogar pela primeira vez. Simplesmente não será logo inserido na competição federada”, adiantou.

Objectivos de competição à parte, a escola não descura a base de todo o projecto do Benfica, que possibilita às crianças um treino gratuito para experimentar. “A ocupação dos tempos livres para a crianças, o talento e a prática desportiva que, é fundamental nestas idades, é isso a que nos propomos”, sustentou José Figueiredo, sublinhando que o importante é que “as crianças se sintam felizes e realizadas”.

Numa primeira fase, a escola da Trofa irá integrar crianças dos 5 aos 12 anos. “Nesta primeira fase vamos adaptar uma estratégia para que aqueles que acima dos 12 anos estiverem interessados em jogar pelo Benfica terão, nesta primeira fase, que se deslocar ao Centro de Treinos em Famalicão”, avançou Bruno Fernandes. “Se virmos que realmente há condições para abrir uma turma de 3 e 4 anos e uma turma de 13 e 14 anos depois veremos como é a melhor forma de realizar esses desejos”, atestou.

Atletas vão treinar na Abelheira

Relativamente aos treinos, os responsáveis apontam que seja realizado um durante a semana, no complexo desportivo municipal de Santo Tirso, e outro, ao sábado de manhã na Trofa, no complexo desportivo da Louseira, na Abelheira. Na Internet já esta colocado um anúncio para recrutar treinadores estagiários, no âmbito de um protocolo estabelecido com a Faculdade de Desporto da Universidade do Porto (FADEUP) e o Instituto Superior da Maia (ISMAI).

Na Trofa, a sede da Escola de Futebol Geração Benfica funcionará na Casa do Benfica na Trofa, em S. Martinho de Bougado, que estará aberta a partir das 20.30 horas para efectuar inscrições ou pedir informações.

E porque ser atleta da Escola Geração Benfica “não é só treinos e jogos de futebol”, serão promovidas visitas anuais ao Estádio da Luz. “Fazemos excursões aos jogos do Benfica, em que os atletas da escola têm direito a ver o jogo gratuitamente, podendo levar acompanhamentos com bilhetes a preços reduzidos, onde os miúdos podem dar uma volta ao relvado antes do jogo, onde se mostram aos benfiquistas e uma vez por ano entram com os jogadores”, adiantou.

Todos os anos, o SL Benfica organiza o torneio nacional Geração Benfica, que este ano decorre no dia 20 de Junho, no qual se juntam todas as escolas do país, cerca de 26 actualmente.