Select Page

Aguiar Branco participou no debate promovido pelo PSD

Aguiar Branco participou no debate promovido pelo PSD

A Interrupção Voluntária da Gravidez foi tema de um debate organizado pelo núcleo do PSD de Santiago de Bougado, que contou com a presença do ex-ministro das finanças José Aguiar Branco.

Aguiar Branco vai votar não no referendo do dia 11 de Fevereiro

O deputado do PSD na Assembleia da República, expôs os seus argumentos para justificar a sua posição negativa relativamente à despenalização do aborto, um problema que considera “uma chaga social”.

“Não resolvemos nada com esta questão do referendo, porque todas as justificações apresentadas pelos defensores do sim, não deixam de existir depois das dez semanas. Junta-se então, uma atitude discriminatória absolutamente injustificada, relativamente à mulher que praticou a interrupção até às dez semanas e aquela que fez depois desse período”, sublinhou.

José Aguiar Branco referiu ainda que se sente “chocado” pelo facto do governo “financiar a prática do aborto, enquanto que nem um tostão comparticipe para quem deseja ser mãe, para os tratamentos de fertilidade e para os métodos contraceptivos, que deviam ser distribuídos gratuitamente”.

O deputado apelou também para "a corrida às urnas", para "demonstrar que o povo português, em matérias estruturantes, deseja emitir a sua opinião e contribuir para a sociedade que quer construir" e que "não se limite, apenas, a fazer criticas e a lançar pedras, relativamente àqueles que os governam".

Videos

Loading...

Siga-nos

1ª página da edição papel

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização