Select Page

Trofense interrompe série de bons resultados

Trofense interrompe série de bons resultados

A ausência de jogadores preponderantes na equipa e a eficácia demonstrada pelo Portimonense em bolas paradas, fez com que o Trofense interrompesse a série de vitórias, que havia começado a 11 de Março. Para a equipa algarvia o resultado de 1-3 é uma lufada de ar fresco para as aspirações à permanência.

 

A equipa comandada por Daniel Ramos viu-se a perder logo aos 4 minutos, com um golo apontado por Rodolfo Lima, na sequência de um pontapé de canto.

À passagem do quarto de hora, o Trofense fica reduzido a dez unidades, fruto da expulsão do guarda redes Vitor, que fez falta sobre Braima fora da área. Na sequência, o pontapé livre deu um novo golo para os homens de Luis Martins, desta vez com assinatura de Márcio Abreu.

Mesmo em inferioridade numérica, o Trofense reduziu por Everson aos vinte e dois minutos e um minuto depois contestou atrofense_portimonense3.jpg decisão do árbitro Pedro Proença em não assinalar uma grande penalidade de Marco Almeida sobre Traoré.

O terceiro golo chegou ainda antes do intervalo, em novo lance de bola parada, e por intermédio de João Pedro, jogador que, antes de ingressar no Futebol Clube do Porto, teve formação no clube da Trofa.

O pragmatismo algarvio susteve as tentativas do Trofense em conseguir um novo tento e o jogo terminou com a vitória dos forasteiros e com os apupos dos adeptos trofenses ao árbitro lisboeta.

 

Videos

Loading...

Siga-nos

1ª página da edição papel

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização