Um grupo de jovens de Covelas decidiu, numa brincadeira, assumir a organização da festa de S. Gonçalo. O resultado de quase um ano de trabalho está à vista, com um programa vistoso e com muitas novidades. Fernando Rocha, Minhotos Marotos e 4Mens são os cabeças de cartaz da festa popular de 18 a 20 de janeiro, que terá como um dos momentos altos a bênção dos capacetes, na manhã de de domingo.

A festa de S. Gonçalo ainda não começou, mas “já deixa saudades” à comissão de festas. O grupo que assumiu a realização da grande candidata a maior romaria do concelho da Trofa tem tudo a postos e arranca já esta quinta-feira, 10 de janeiro, com a eucaristia em ação de graças a S. Gonçalo, às 18 horas, mas o programa ganha força de 18 a 20 de janeiro, altura em que são esperados milhares de pessoas vindos de toda a Região.
Tânia Silva é um dos elementos da comissão de festas, constituída um mês depois da romaria de 2018, numa “brincadeira” de amigos. “Estávamos reunidos na sede do Grupo Desportivo de Covelas e decidimos cometer esta loucura”, contou a jovem, que chega admitir, em jeito de brincadeira, que foi “um choque” para o pároco José Ramos “ver os jovens a organizar a festa”.
A “aventura”, assim encarada pelos festeiros, começou cedo e implicou “muito trabalho”. Um dos grandes desafios consistiu na criação de uma “tasquinha”, que nasceu na residência paroquial. No início, “eram só quatro paredes ao alto”, que se transformaram “numa semana”. “Exploramos a tasquinha aos fins de semana, com muito sacrifício da nossa parte, mas com vontade conseguimos os nossos objetivos”, assume, em tom orgulhoso, a jovem que exalta o sucesso de muitas atividades de angariação de fundos, mas também não esconde os momentos de grande dificuldade para organizar a romaria. Tânia Silva chega a admitir que “foi mais difícil” do que o esperado, mas os obstáculos não só foram “ultrapassados”, como até se transformaram em injeções de motivação para elevar o patamar da festa.
“Fizemos coisas novas, organizamos atividades como caminhadas, convívios de ciclismo, encontro de jipes, corrida de rolamentos e até um festival de música, o Camp Fest, que pretendemos repetir este ano”, explicou.
As novidades estendem-se ao programa da festa e começam logo no dia 18 de janeiro, sexta-feira, com uma noite de comédia, que terá como protagonista o humorista Fernando Rocha. O espetáculo de stand-up comedy começa após o espetáculo de folclore, com o Rancho Folclórico do Divino do Espírito Santo, o Grupo de Danças e Cantares do Centro Social de Soutelo e o Rancho de Santo André de Sobrado.
Na noite do dia seguinte, o palco é aberto pelo artista local Daniel Martins (20.30 horas), seguindo-se Cláudia Martins e Minhotos Marotos (22.30 horas).
No domingo, Karmo Leal (21 horas) e 4Mens (22.30 horas) tomam conta do palco, que fecha na segunda-feira com a atuação do Grupo de Concertinas e Amigos de Monte Córdova, às 15 horas.
A comissão de festas apostou também nos espetáculos de fogo de artifício, nas noites de 19 e 20 de janeiro. “Queremos causar impacto, mostrar que os jovens são capazes e uma demonstração do esforço que fizemos ao longo do ano”, salientou Tânia Silva.
O programa inclui também as tradicionais celebrações religiosas ao longo do fim de semana e cujo ponto alto acontece na tarde de domingo, com a procissão.