rui pedro silvaRui Pedro Silva somou o segundo título nacional de corta-mato, ao vencer a prova em Castelo Branco, no passado fim-de-semana.

 O atleta natural de Santiago de Bougado conseguiu superiorizar-se na recta final de uma corrida que ficou marcada por um intenso calor e um piso enlameado em alguns pontos do percurso.

A uma volta do final da prova, Rui Pedro Silva conseguiu colar-se na frente com José Rocha e Eduardo Mbengani. O último foi o primeiro a ceder, antes do atleta trofense conseguir superiorizar-se ao colega de equipa José Rocha, terminando com 36 minutos e 50 segundos, mais dois segundos que o perseguidor.

Por equipas, no escalão masculino o Maratona, representante de Rui Pedro Silva, terminou com igualdade pontual para a Conforlimpa, mas acabaria por vencer a última, já que fechou mais cedo a equipa.

No feminino Inês Monteiro destacou-se também no final da corrida, ultrapassando a companheira de equipa Anália Rosa, e conquistando o seu título nacional, uma década depois de se sagrar campeã europeia de juniores.

Com quatro atletas entre as seis primeiras, o Maratona confirmou o seu amplo favoritismo, ganhando pelo 10º ano consecutivo. Jéssica Augusto, campeã nos últimos três anos, desistiu ainda antes do meio da prova.

Nos escalões jovens, José Costa (FC Porto) e Daniela Cunha (Várzea), em juniores, e Rui Pinto (Várzea) e Susana Godinho (B. Valboenses), em juvenis, são os novos campeões nacionais.