O atleta trofense Rui Pedro Silva foi o melhor atleta portugues na Meia Maratona Sportzone, alcançando a quinta posição da geral. O atleta confessou-se "surpreendido" pela sua prestação.

   Rui Pedro Silva classificou-se em quinto lugar na meia maratona Sportzone. O queniano Samuel Wanjiru, actual campeão olímpico da maratona, dominou a prova e venceu com o "bom tempo" de 1:01.24 horas.Wanjiru mostrou-se satisfeito pelo tempo obtido na Meia Maratona Sportzone. "Não foi uma vitória assim tão fácil. Foi um bom tempo, depois do esforço na maratona dos Jogos Olímpicos", declarou Wanjiru.

A prova decorreu em Vila Nova de Gaia e Rui Pedro Silva que ficou no quinto posto, com 1:04.56 horas, confessou estar surpreendido com a sua prestação. "O meu objectivo era ser lebre para os africanos. Tentei manter o ritmo, mas não pensava ser o melhor, porque nem cumpri ainda um mês de treino", esclareceu.

Na competição feminina venceu também uma atleta queniana. Pamela Chetchumba também considerou a corrida como "um bom começo de temporada", acrescentando que o tempo obtido (1:10.26 horas, novo recorde da prova) esteve "dentro das expectativas".

Marisa Bastos foi a melhor portuguesa na prova feminina (quinto posto, com 1:13.52 horas). Segundo a atleta os objectivos passavam apenas por sentir-se bem e regressar à competição, visto que esteve parada devido à participação nos Jogos Olímpicos de Pequim, na segunda maratona.

"Queria chegar o mais à frente possível e fazer uma boa prova. A maratona ainda me assusta, mas agora só penso em trabalhar para ser consistente", afirmou.

Na lista de desistências da prova estão Rui Silva e Fernanda Ribeiro, assim como o vencedor da edição do ano passado, o queniano Jonathan Kipkorir Kosgei.