O Paradela goleou o Areias, em dia de apresentação da equipa da Trofa aos adeptos e simpatizantes. Nem mesmo a chuva estragou o festival de golos na primeira parte. O técnico João Cruz desvalorizou o resultado e deu importância à entrada positiva no campeonato.

  Toda a gente sabe que em jogos amigáveis "o resultado é o que menos interessa", mas que vitórias volumosas aumentam a moral de uma equipa, lá isso também não se pode negar. Depois de uma goleada por 5-0 em jogo de apresentação, o Paradela deseja entrar com "pé direito" no campeonato e "estragar a festa" do "pré-anunciado" campeão Salgueiros.

O técnico João Cruz afirmou que o jogo de apresentação com a Associação Recreativa e Cultural de Areias serviu de "convívio entre a colectividade", mas não escondeu que "ganhar é sempre bom".

Mesmo com a chuva a ameaçar a festa da equipa o festival de golos não defraudou os adeptos do Paradela que, logo aos 3 minutos, viram inaugurado o marcador, por intermédio de Vítor. Como resposta César Amorim rematou forte, mas ao lado da baliza defendida por Ricardo.

Apesar da reacção o Paradela dominou a primeira parte e chegou ao segundo golo aos 23 minutos, por Queirós, que havia de bisar aos 40 minutos. Antes já Vítor havia feito o mesmo, aos 38 minutos.

Antes do descanso, o Paradela ainda teve tempo para marcar o quinto golo, por Pedro Silva, que coroou a boa exibição do atleta trofense.

A acutilância ofensiva do Paradela na segunda parte diminuiu, mas mesmo assim a equipa liderada por João Cruz dispôs das melhores oportunidades para dilatar a vantagem. Primeiro foi Sérgio que atirou um pouco por cima e depois Carvalho, aos 75 minutos, obrigou grande defesa do guarda-redes do Areias, num cabeceamento que respondeu ao cruzamento de Ricardinho.

Um dos inconformados do Areias, André Silva ainda importunou o guardião do Paradela, com um remate, aos 80 minutos.

Em análise à exibição da equipa, João Cruz desvalorizou a goleada e até afirmou que o Areias "não merecia ser penalizado com mais golos". O técnico do Paradela está mais preocupado com o início do campeonato e em começar bem a 2ª Divisão da Associação de Futebol do Porto.

"Estragar a festa do Salgueiros" é o principal objectivo do Paradela para o próximo sábado. João Cruz está satisfeito com o plantel que neste momento conta com 23 atletas.

Por seu lado, Eurico Tavares, técnico do Areias, louvou a "boa iniciativa" do Paradela, que o fez aceitar o convite, mesmo tendo participado num torneio triangular no dia anteriores. O técnico da equipa que milita no campeonato concelhio de Santo Tirso considera que o Paradela "tem uma óptima equipa e está a ser muito bem orientada". Relativamente ao jogo Eurico Tavares referiu que tentou "gerir o grupo em função do esforço que fez ontem e este tipo de campo onde não estamos habituados a treinar nem a jogar ainda desgasta mais a equipa e todos os atletas. Eu disse aos meus jogadores antes do jogo que a mim não me interessava o resultado, pois o que valia era o trabalho que eles teriam que desempenhar dentro de campo e penso que corresponderam dentro das suas limitações, devido ao torneio de ontem. Queríamos que a equipa do Paradela fizesse uma boa apresentação aos seus sócios e penso que correspondemos", afirmou.