Carlos Portela informou que o PS enviou “intimação à Unidade Técnica” por defender a não fusão

PSD considera que deliberação do PS e presidente da Junta de Freguesia do Muro prejudica as populações. Socialistas e Carlos Martins contrapõem, acusando PSD de não defender coesão municipal. Carlos Portela anunciou que PS de Santiago enviou “intimação à Unidade Técnica” para defender a não extinção/fusão da freguesia.

 A reforma administrativa foi o tema que introduziu a Assembleia Municipal de quinta-feira, 27 de dezembro. A discussão ficou marcada pelo anúncio de Carlos Portela, do PS, de que a secção do partido de Santiago de Bougado agiu com uma “intimação judicial” à Unidade Técnica a que se pode seguir uma “providência cautelar” em protesto com a agregação da freguesia e apelou à união da Assembleia na luta contra a reforma administrativa no concelho da Trofa: “Era bom que fôssemos todos, todas as freguesias, todos os partidos e se acreditam venham daí connosco. Não tenho a mínima pretensão que isto seja só de alguém. Se estão a falar com boa-fé tentem ainda o que resta, lutem até ao fim”.

Leia a reportagem completa na edição desta semana d’ O Notícias da Trofa, disponível num  quiosque perto de si ou por PDF.