musicalreileao
ACRESCI levou ao palco do auditório da Junta de Santiago o musical do filme de animação “Rei Leão” e nas três sessões contou com casa cheia.

 A história do pequeno leão Simba saltou do ecrã para o palco, no fim de semana de 29 e 30 de dezembro. O musical baseado no filme de animação da Disney teve três sessões e casa cheia em todas elas. Um motivo de “orgulho” para a direção e restantes elementos da Associação Cultural Recreativa e Social de Cidai (ACRESCI), promotora do espetáculo, realizado no auditório da Junta de Freguesia de Santiago de Bougado, que contou com mais de 400 espetadores.

Depois da primeira experiência em 2011 com o musical da Leopoldina, a direção da coletividade nem tinha previsto repeti-la, no entanto, o grupo que tinha participado no espetáculo encorajou a associação a avançar com o Rei Leão. “Consultamos o grupo das tradições infantis de Cidai, os familiares das crianças também ficaram agradados com a ideia e em dois meses preparamos a peça”, explicou José Carlos Costa, presidente da ACRESCI. Os restantes atores foram “elementos, amigos e familiares da coletividade”.

Em “dois dias” os ingressos gratuitos esgotaram e, a par da performance dos 50 e tal intervenientes, surpreendeu a direção. A encenação foi, em grande parte, preparada por Susana Isabel Costa, membro da associação e responsável pelo grupo de tradições infantis, que já o ano passado tinha coordenado a apresentação da Leopoldina.

José Carlos Costa quis agradecer a todas as pessoas que colaboraram no espetáculo, como as que ajudaram no guarda-roupa e máscaras, luz e som. “Foi graças a elas que a peça também saiu enriquecida”, sublinhou.

{fcomment}