Preparar as autárquicas

    No último fim de semana os militantes do PS votaram e elegeram uma nova Comissão Política Concelhia e os novos Secretariados das Secções de residência.

      Se aos Secretariados nem sempre aconteceu a existência de mais que uma lista, à Concelhia houve duas listas que lutaram entre si para merecerem o apoio dos militantes.

    Venceu a lista liderada pela Dr.a Joana Lima, actual presidente que, assim, renova o mandato à frente dos destinos do PS concelhio e que terá como principal tarefa preparar as eleições para as autarquias do concelho.

    A significativa afluência às sedes onde decorreu a votação, e o equilíbrio dos resultados, permite prever um PS pujante que lutará arduamente para conquistar a Câmara Municipal a as principais Juntas de Freguesia.

    Os próximos tempos, com a aproximação das eleições para a Câmara Municipal e para as Juntas de Freguesia, serão, naturalmente, animados.

    O PS, partido com vocação para exercer o poder, não deixará de trabalhar para conquistar a confiança dos eleitores e, assim, conquistar as principais autarquias do concelho.

    Os partidos políticos foram criados com o objectivo de se candidatarem ao exercício do poder, ou a servir a população, por esse mesmo exercício. Se a candidatura é um direito dos partidos é também uma obrigação.

    É obrigação dos partidos políticos constituírem-se como alternativa para que os eleitores tenham a possibilidade de escolha.

    É de esperar, portanto, com a animação recentemente verificada e pelo equilíbrio dos resultados, que o PS esteja motivado para cumprir a sua função de oposição às autarquias do PSD e para se constituir como alternativa válida que mereça, da parte dos eleitores, a confiança que devem merecer as alternativas.

    Esperemos que o futuro nos traga boas notícias.

                      

                                                                    Afonso Paixão