Regeneração Urbana dos Parques Nossa Senhora das Dores e Dr. Lima Carneiro aguarda apenas o lançamento do concurso público. A obra deverá estar concluída em 2012 e é financiada em 80 por cento por fundos comunitários.

“Fazer o que ainda não foi feito”. Este é o objectivo da Câmara Municipal da Trofa com o projecto de Regeneração Urbana que vai unir os Parques Nossa Senhora das Dores e Dr. Lima Carneiro. Na sexta-feira, o auditório da Junta de Freguesia de S. Martinho de Bougado foi pequeno para acolher todos aqueles que quiseram conhecer os pormenores desta obra e colocar as suas dúvidas ao executivo.

Criar uma “Trofa Viva” através desta obra vai exigir um investimento total de cerca de nove milhões e 400 mil euros, com a comparticipação de 80 por cento do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) e uma contrapartida local, da qual fazem parte 20 parceiros, correspondente a 20 por cento do investimento. Um desses parceiros será a Metro do Porto, que apesar de não avançar, pelo menos para já, com a construção da Linha Verde do Metro, vai investir 5,7 milhões de euros na união dos Parques.

 

Com uma área aproximada de 6,75 hectares, os parques vão incluir “valências para todas as idades”, tendo em conta “uma visão de futuro”, mas “respeitando o passado”, garantiu a presidente da autarquia, Joana Lima.

 

Leia a reportagem completa na edição desta semana d’O Noticias da Trofa.