Select Page

Joan Baez no Coliseu do Porto Fotorreportagem

Joan Baez no Coliseu do Porto Fotorreportagem

Na última noite do mês de Março, o Coliseu do Porto encheu por completo para receber Joan Baez, cantora e lenda viva da música folk norte-americana.

Joan Baez estreou-se em 1959 com apenas 18 anos no Newport Folk Festival, onde foi a grande revelação. Desde então o seu estilo folk conquistou o mundo e Joan rapidamente se tornou numa referência entre as vozes femininas norte-americanas. Com uma carreira de mais de cinco décadas, Baez é ainda hoje uma força musical da natureza, graças à grande influência do seu forte carácter.

Uma empenhada ativista política, a cantora fez parte de alguns dos mais importantes movimentos a favor dos direitos humanos, ao lado de figuras históricas como Martin Luther King, Nelson Mandela, Cesar Chavez, entre outros.

Na bagagem para o Porto a artista trouxe mais de 30 álbuns editados, entre os quais sucessos como Joan Baez, Vol. 2,Come From The Shadows ou Ring them bells. Á sua espera uma sala repleta de fãs que ao longo dos anos tem vibrado com a carreira de Baez. Logo à entrada da cantora em palco um forte aplauso com muitos a levantarem-se das cadeiras. Ao fim da primeira música (Dona Dona) uma enorme ovação. Joan trouxe, ainda, consigo alguns músicas, entre eles uma jovem que encantou com a cristalinidade da sua voz.

Entre as músicas que foi cantando, Joan Baez foi contando histórias, partilhando pequenos excertos e recordando memórias, como a estreia no Woodstock. No início da atuação, mesmo após There But For Fortune, Baez pegou num papel e leu num português esforçado um pequeno texto de agradecimento aos fãs.

Momento particularmente emocionante foi aquela em que Baez começou a cantar Grândola Vila Morena, sendo acompanhada pelas vozes de todas as almas que enchiam o Coliseu do Porto ontem à noite. Um momento emocionante que acabou com sentido aplauso, bater de pés no chão (a fazer lembrar o marchar dos soldados de Abril) e cravos atirados ao palco.

No final do concerto houve tempo ainda para um encore de três músicas. Baez atua hoje em Lisboa.

Alinhamento

Dona Dona / TRAD
God is God / Steve Earle
There But For Fortune / Phil Ochs
Flora, Lily of the West / Bob Dylan
Baby Blue / Bob Dylan
Joe Hill / TRAD
Grandola (Portuguese)
Jerusalem / Steve Earle
Love Song To A Stranger / Joan Baez
Just The Way You Are / Dirk Powell
Diamonds & Rust / Joan Baez
El Preso Numero 9 / Roberto Cantoral
Jaria Hamouda / TRAD
7 Curses / Bob Dylan
Cornbread / TRAD
Suzanne / Leonard Cohen
House of the Rising Sun / Georgia Turner and Burt Martin
Long Black Veil / Marjohn Wilkin and Danny Dill
Gracias a la Vida / Violeta Parra

Encore
Imagine / John Lennon 
Nicola + Bart / Baez & Morricone
Blowin’ In The Wind / Bob Dylan

Texto: Joana Vaz Teixeira
Fotos: Miguel Pereira

Fotogaleria (clica nas imagens para aumentar)
{phocagallery view=category|categoryid=98}

Videos

Loading...

Siga-nos

1ª página da edição papel

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização