Presente ao Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Matosinhos, esta tarde, o homem que, ontem, foi detido pela GNR da Trofa em flagrante delito, num cenário de violência doméstica, saiu em liberdade e está proibido de se aproximar das vítimas.

O caso aconteceu em Paradela, S. Martinho de Bougado, cerca das 21 horas desta terça-feira. Depois de uma denúncia, militares do posto da Trofa da GNR deslocaram-se à residência e deparou-se com o suspeito, de 39 anos, “a agredir a sua esposa de 39 anos, o filho menor, com 12 anos, e o sogro, de 70 anos, tendo os militares prontamente detido o agressor, colocando assim termo à situação”, fez saber o Comando Territorial do Porto da GNR em comunicado.

Ainda segundo o mesmo comunicado, a GNR documenta que “devido à agressões, a criança e o idoso tiveram de receber tratamento hospitalar”.

O indivíduo ficou detido nas instalações da GNR, e foi presente a primeiro interrogatório, no Tribunal Judicial de Santo Tirso, na manhã desta quarta-feira, mas acabou por ser transferido para o DIAP de Matosinhos, à tarde, para conhecer as medidas de coação.