O Museu do Brinquedo Português, em Ponte de Lima, recebe a exposição dos estrumpfes do artista trofense Vítor Macedo. A abertura é já nesta sexta-feira, e a exposição ficará patente até ao dia 31 de outubro.

Depois de ter passado pela Trofa, Maia, Lisboa, Gaia e Espanha, os cerca de 1500 bonecos azuis vão, desta vez, até Ponte de Lima, onde vão ficar expostos no Museu do Brinquedo Português, em Arcozelo, até ao dia 31 de outubro. Dois meses depois da abertura do Museu do Brinquedo Português, Vítor Macedo, artista trofense, vai inaugurar a sala de exposições temporárias apresentando mais novidades na mostra dos estrumpfes, com mais cenários e, por conseguinte, mais bonecos.

Com entrada gratuita para a inauguração, Vítor Macedo convida toda a comunidade trofense a estar presente no Museu do Brinquedo Português na sexta-feira, dia 3 de agosto, pelas 11 horas. Até ao dia 31 de outubro a exposição pode ser visitada de terça-feira a domingo entre as 10 e as 12.30 horas e as 14 e as 18 horas. Vítor Macedo contou que o convite surgiu no ano passado, e foi-lhe dirigido pelo responsável do pelouro da Cultura da Câmara Municipal de Ponte de Lima.

Franclim Sousa, vereador do pelouro da Cultura, que veio à Trofa conhecer a exposição, tendo logo ficado acordado que seria a primeira exposição temporária do Museu do Brinquedo Português, que ainda estava em fase de construção, uma vez que seria “um bom tema de abertura” e “poderia dar alegria aos visitantes”. Depois de Ponte de Lima, a exposição volta a Espanha mas, desta vez, a Barcelona, que contará com as habituais atividades manuais.

Vítor Macedo com workshops no Aeroporto Francisco Sá Carneiro

Neste sábado e domingo, dias 4 e 5 de agosto, Vítor Macedo vai marcar presença no Aeroporto Francisco Sá Carneiro, na zona do desembarque, para receber os turistas e presenteá-los com “atividades tradicionais”, onde estes serão convidados a trabalhar com barro, madeira, entre outros. Além disso, com o intuito de promover as tradições portuguesas, o artista trofense vai expor diversos trabalhos típicos portugueses.

Leia a reportagem completa na edição desta semana d’ O Notícias da Trofa, disponível num  quiosque perto de si ou por PDF

{fcomment}