Na terceira jornada da Liga Vitalis, o Trofense somou um ponto no reduto do Vizela, ao ter empatado por 2-2. Os golos do emblema da Trofa foram apontados por Paulo Sérgio e Pinheiro.

  Paulo Sergio estriou-se com um goloTinha os três pontos praticamente assegurados no fim da primeira parte, mas acabou por conquistar apenas um, graças à excelente reacção do Vizela na etapa complementar. Depois de ter estado a vencer por 2-0 o Trofense permitiu que o adversário reestabelecesse o empate na segunda parte, resultado que acaba por ser justo, tendo em conta a prestação de ambas as equipas nos 90 minutos.

Em confronto encontravam-se duas das equipas que mais e melhor se reforçaram para a Liga Vitalis. O Trofense não se intimidou por estar no reduto de uma equipa à altura e foi o primeiro a marcar por Paulo Sérgio, aos 18 minutos, numa jogada desenhada pelo criativo Fábio Paim. O extremo estreou-se a marcar, aproveitando uma defesa incompleta de Riça.

Três minutos depois, Pinheiro aumentou a vantagem do Trofense, com um golo que coroou a eficácia da equipa. O médio aproveitou nova falha da defensiva do Vizela para levar para o intervalo com um (aparente) resultado tranquilo.

O treinador do Vizela, Carlos Garcia ainda tentou dar reduzir antes do descanso, lançando na partida o brasileiro Emerson para o lugar de Kata.

As alterações tácticas do técnico só viriam a sortir efeito na segunda parte. O Vizela entrou melhor e perante a passividade da equipa visitante marcou, por intermédio de Nuno Sousa, aos 66 minutos, que surgiu solto na área e cabeceou para o fundo da baliza de Paulo Lopes.

O controlo do jogo foi totalmente assumido pelo Vizela que carimbou o empate aos 83 minutos, na sequência de um livre directo, apontado por Quim Berto.

Depois do golo da igualdade, as duas equipa dispuseram, cada uma, de outra oportunidade para visar a baliza adversária. O Vizela foi o primeiro, com Rincon num remate fraco que a defesa trofense aliviou e Rui Borges II, nos minutos de compensação, isolado e só com Riça pela frente acabou por rematar ao lado.

No final do jogo os adeptos do Vizela tentaram agredir Fabio Paim nas bancadas e só a rápida intervenção das equipa de segurança, da GNR e do jogador do Trofense Rios, impediu "males maiores".

 

 Toni: "Defrontaram-se as melhores equipas deste campeonato"

Apesar do empate Toni não estava descontente com a exibição da sua equipa: "fizemos uma excelente primeira parte e conseguimos uma vantagem de dois golos e quando deveríamos gerir o jogo de outra maneira não o fizemos, também porque tivemos a necessidade de fazer uma alteração no intervalo com a saída de Fábio Paim. Deixamos de ter a saída em termos ofensivos e caímos de rendimento na segunda parte", referiu.

O Vizela foi uma equipa que "criou bastantes dificuldades" e pelo que o adversário fez na segunda parte, o resultado acaba por ser "justo".

Toni continua o seu discurso contido no que respeita aos objectivos da equipa: "o Trofense tem um longo caminho pela frente. Estamos num campeonato muito difícil e ainda é muito precipitado estar a admitir os objectivos nesta altura. Temos uma vontade enorme de fazer um bom campeonato e vamos trabalhar para isso".

 Carlos Garcia: "Equipa demonstrou grande carácter na segunda parte"

O técnico do Vizela também considerou o resultado adequado, tendo em consideração o que se passou dentro das quatro linhas. Para Carlos Garcia "a estratégia do Trofense passava por apostar no erro do adversário e acabou por ser feliz ao aproveitar dois erros do Vizela para marcar".

Na segunda parte, "fruto de um grande carácter e de uma grande atitude dos jogadores" o Vizela acabou por conseguir o empate, que no balneário sabe a pouco: "há uma ideia generalizada em todo o grupo que poderíamos ter ganho esta partida", concluiu.

 

 

Liga Vitalis – 3ª Jornada

Jogo: Estádio do FC Vizela

Vizela: Riça, Rodrigão, Cláudio, Machado (Serjão 46'), Kata (Emerson 31'), Nuno Sousa, Rincon, Quim Berto, Guerra (Neto 57'), Williams e Hélder Sousa

Treinador: Carlos Garcia

Trofense: Paulo Lopes, Maia, Valdomiro, Milton do Ó, Zamorano, Edu, Pinheiro, Rui Borges (Kazeem 56'), Edu Souza (Rui Borges II 66'), Paulo Sérgio e Fábio Paim (46')

Treinador: Toni

Árbitro: Vasco Santos (AF Porto), auxiliado por Vítor Carvalho, Carlos Pereira e José Coelho

Cartões Amarelos: Pinheiro (37'), Zamorano (63'), Nuno Sousa (78') e Emerson (85')

Marcadores: Paulo Sérgio (18'), Pinheiro (21'), Nuno Sousa (65') e Quim Berto (82')

Resultado ao intervalo: 0-2

Resultado final: 2-2

 

Resultados 3ª Jornada

 

Gil Vicente 1 – 1 Varzim

Portimonense 1 – 1 Feirense

Santa Clara 1 – 0 Gondomar

Penafiel 0 – 0 Olhanense

Freamunde 0 – 1 Beira-Mar

Desp. Aves 2 – 3 Estoril

Vizela 2 – 2 Trofense

Fátima 1 – 1 Rio Ave

 

Próxima Jornada (16-09-2007)

 

Olhanense – Santa Clara

Beira-Mar – Penafiel

Estoril – Freamunde

Trofense – Desp. Aves

Varzim – Vizela

Rio Ave – Gil Vicente

Feirense – Fátima

Gondomar – Portimonense

 

Classificação

 

  1. Santa Clara – 9 pontos

  2. Varzim – 7 pontos

  3. Beira-Mar – 6 pontos

  4. Estoril – 6 pontos

  5. Freamunde – 6 pontos

  6. Rio Ave – 5 pontos

  7. Trofense – 4 pontos

  8. Fátima – 4 pontos

  9. Vizela – 4 pontos

  10. Feirense – 4 pontos

  11. Olhanense – 4 pontos

  12.  Gil Vicente – 4 pontos

  13. Portimonense – 2 pontos

  14. Penafiel – 1 ponto

  15. Desp. Aves – 0 pontos

  16. Gondomar – 0 pontos