correiadecampos.jpg

 

 

 

 

Correia de Campos, ministro da Saúde, esteve na sede da Concelhia da Trofa do PS enquanto militante socialista e

 apoiante de Mário Soares, na candidatura às eleições presidenciais de Janeiro. Correia de Campos faz parte do Movimento de Apoio de Soares à Presidência e falou na Trofa perante uma plateia de dezenas de apoiantes de Mário Soares, dando-lhes a conhecer as razões da candidatura. “O Dr. Soares dá-nos a garantia de travar os excessos do governo pois poderá ter um papel moderador na discussão de assuntos estruturantes para Portugal”, frisou.

Não vale a pena dizer “o Dr. Soares e velho demais, o Alegre foi maltratado, o Cavaco eu não gosto dele, se calhar nem vou votar”, porque isto é a maior irresponsabilidade. Nós temos que perceber que o PS não pode ficar na estante. O PS tem que ir para a rua, tomar posição nesta campanha eleitoral, não pode dizer “estou zangado, porque ninguém me ouviu, porque o PSD escolheu um candidato mais novo”, isso não interessa. Quem se apresentou foi o Dr. Soares num momento difícil e que parecia que ninguém se iria apresentar”.