Cor, animação e solidariedade. São os ingredientes que o Coronado pretende reunir para assinalar o 21.º aniversário de elevação a vila.

A festa começa pelas 21.30 horas de 28 de julho. À noite da francesinha, junta-se um trio elétrico, um canhão de espuma e a música do DJ Tony Bianchi. O Coronado Colour Family sai à rua com o objetivo de “envolver toda a comunidade nesta comemoração” e de atrair “gente de fora à freguesia”, explicou José Ferreira, presidente da Junta de Freguesia do Coronado.
À diversão alia-se a solidariedade, com a Junta a lançar o desafio aos participantes de contribuírem com um bem alimentar a favor das famílias carenciadas da freguesia.
“As juntas de freguesia, quer queiramos quer não, são o primeiro suporte daqueles que têm alguma dificuldade na vida”, porque “não há burocracias e é fácil chegar ao contacto com o presidente da Junta”, explicou José Ferreira.
No Coronado contam-se “algumas dezenas de famílias carenciadas”, que precisam de ajuda sobretudo ao nível da alimentação. “Uma vez que o Coronado Colour Family é uma iniciativa que envolve muita gente lançamos esse repto. Não é obrigatório, mas se as pessoas colaborarem ajudam-nos a ajudar algumas famílias referenciadas, que conhecemos e pedem ajuda”, informou o autarca.
No domingo, 29 de julho, pelas 10.30 horas, na Capela de São Bartolomeu, será celebrada uma missa em memória dos autarcas já falecidos. À tarde, pelas 16.30 horas, decorre o hastear da bandeira, seguindo-se uma cerimónia protocolar onde serão homenageadas “algumas pessoas da freguesia que se destacaram por variadíssimas razões: sociais, humanas, desportivas ou culturais”, adiantou José Ferreira. Posteriormente, será servido um Porto de Honra.
“As edições anteriores têm sido um sucesso e queremos, pelo menos, manter esse patamar”, asseverou o presidente da Junta, apelando à participação de todos para que “as pessoas se sintam divertidas e haja convívio e alegria”.
José Ferreira deseja que “haja feedback da comunidade aotrabalho desenvolvido por este executivo” e que “ano após ano as iniciativas se vão consolidando e se tornem uma referência na freguesia”.