Os vários objectos ligados à eucaristia, vestes religiosas e livros litúrgicos são alguns do elementos patentes na Exposição Litúrgica, inaugurada no passado sábado na Cripta da Igreja Nova da Trofa. O projecto inédito, que nasceu da criatividade do Grupo de Acólitos da Trofa visou, entre outros objectivos, a apresentação pública do logótipo do Grupo.

Até ao próximo dia 28 de Março, toda a comunidade trofense poderá visitar os diversos objectos litúrgicos utilizados na Eucaristia e até ver de perto o anel, a cruz peitoral e o báculo de D. Manuel Martins, Bispo de Setúbal, cedidos especialmente para a exposição.

A ideia da realização de uma exposição do género surgiu por parte do Grupo de Acólitos da Trofa que, com o apoio do Padre Luciano Lagoa, pároco de S.Martinho Bougado, levou avante o projecto. “É um projecto inédito que começou por uma pequena brincadeira de tentar inventar um logotipo para o nosso grupo e desde aí, juntamente com o apoio do Padre Luciano, a ideia foi crescendo e ganhando asas para voar”, explicou Paulo Martins, um dos responsáveis pela organização da exposição.

A inauguração da Exposição Litúrgica, no passado sábado, teve direito ao tradicional corte da fita, num gesto protagonizado pelo Padre Luciano Lagoa que, em declarações ao NT/Trofa Tv, sublinhou o “carácter didáctico” da exposição. “O objectivo desta exposição é o de ser uma exposição didáctica, no fundo explicar o que são os objectos que fazem parte da vida litúrgica, das celebrações próprias da Igreja e no fundo interessar as crianças e jovens por esta questão da Igreja e da Missa”, explicou. Para o pároco, a Cripta da Igreja Nova da Trofa é “um espaço propício para as novas formas de evangelização”, na medida em que é um lugar “onde passam, semanalmente, à volta de 1400 crianças, adolescentes e jovens, para além dos catequistas”.

Paulo Martins aproveitou ainda para fazer um balanço positivo da evolução do Grupo de Acólitos da Trofa, que conta actualmente com 33 elementos. “Antes do Padre Luciano vir para cá, éramos muito menos que agora, éramos cerca de dez a doze acólitos”, revelou o responsável, acrescentando que “depois o Padre Luciano deu autorização para entrarem raparigas e, desta forma, houve uma adesão maior”. “Mais ou menos em Setembro, fazemos um tipo de recolha de acólitos pelas catequeses a partir do 6º ano e até aos 88 anos ou mais”, adiantou ainda Paulo Martins. A participação na Peregrinação Nacional de Acólitos a Fátima, a realização de jantares de Natal e jantares de convívio são outras das actividades do Grupo de Acólitos da Trofa, enumeradas pelo responsável.

A Exposição Litúrgica estará patente até a dia 28 de Março na Cripta da Igreja Nova da Trofa, e receberá a visita de D. João Miranda, Bispo Auxiliar do Porto, no dia 15 de Março.