sromao-vilacha
O confronto entre o S.Romão e o Vila Chã esteve perto de permitir a primeira vitória romanense, mas um penalty assinalado já em tempo de compensação roubou dois pontos à equipa da casa, acabando a partida com um empate a duas bolas.

Lesões e castigos fizeram o S.Romão partir para a terceira jornada com o onze habitual alterado, essencialmente no que se refere ao sector defensivo. A equipa de José Carvalho soube-se adaptar bem às alterações na equipa e mais uma vez mostrou-se um grupo unido.

As duas equipas mostravam uma dinâmica de jogo muito semelhante, com a partida a decorrer de forma calma. As situações de maior perigo para a finalização iam surgindo por falhas na defesa, essencialmente na contenção.

Na primeira parte a jogada que mais se destacou aconteceu aos vinte minutos de jogo, quando Rui recebeu a bola que João enviou para a frente da baliza de Piloto, mas o avançado romanense foi traído pelo seu pé esquerdo.

A reentrada em campo do Vila Chã foi arriscada, com a substituição de três jogadores ao intervalo. Apesar do risco assumido pela mudança brusca na equipa, o conjunto liderado por César Nogueira acompanhou a ambição do treinador e chegou ao golo de empate aos quarenta e oito minutos, por Hélder, que conduziu a bola sem uma oposição que o conseguisse travar, até que a bola entrou na baliza da casa.

Aos cinquenta e sete minutos Patrício foi o protagonista de uma excelente condução de bola, que atraiçoou a cobertura defensiva do Vila Chã, passando depois o esférico para Raúl, que o empurrou para lá da linha de baliza e voltou a colocar o S.Romão na frente do marcador.

Quatro minutos mais tarde, um canto do S.Romão voltou a alegrar o público da casa, quando a bola foi levantada até ao segundo poste, onde Raúl cabeceou e bisou.

O S.Romão soube gerir o resultado e minimizar as investidas do adversário. A não realização de substituições, mesmo com Pepe a acusar dores, parece ter sido fulcral para a manutenção do equilíbrio na equipa.

Todos pensavam na vitória do S.Romão, quando um penalty assinalado passados três minutos dos noventa alterou o resultado batalhado durante todo o jogo. Nura converteu o tento que estabeleceu o 2-2.

Reportagem alargada na próxima edição de “O Notícias da Trofa”, quinta-feira nas bancas.