"Em 2008, o natal será mesmo na Trofa". A garantia foi deixada por Manuel Pontes, presidente da Direcção da Associação Empresarial do Baixo Ave – AEBA, no jantar de encerramento da iniciativa "Natal é na Trofa". A Lindarte Ourivesaria foi a vencedora do concurso de montras.

Os comerciantes, associações e escolas deram, ao longo do mês de Dezembro, um colorido diferente ao Natal da Trofa. A iniciativa que envolveu muitos trofenses, partiu da AEBA – Associação Empresarial do Baixo Ave e da Câmara Municipal da Trofa.

Para fazer um balanço da campanha a AEBA e a autarquia reuniram todos os participantes e entregaram os prémios aos vencedores do Concurso de Rabanadas, do Concurso de Montras e do Concurso de Postais.

No Concurso de Rabanadas participaram várias pastelarias e confeitarias, e também algumas "donas de casa" trofenses. E depois de degustadas, o juri chegou à conclusão de que as melhores rabanadas da Trofa foram confeccionadas em terceiro lugar pela Confeitaria Pantir, em segundo lugar por Manuela Gouveia e no honroso primeiro lugar pela Santa Casa da Misericórdia da Trofa.natal-aeba-(147).jpg

Quanto ao Concurso de Montras, onde 22 estabelecimentos comerciais surgiram decorados nos mais variados tons natalícios, o juri decidiu que em terceiro lugar ficaria "O Bibelot", em segundo lugar a "Ruiver Interiores" e em primeiro lugar a "Lindarte Ourivesaria".

A participar no Concurso de Postais estiveram as associações e escolas do concelho. Os postais desenhados com espirito natalício, percorreram a Trofa e foram até enviados pelo presidente da Câmara às várias entidades institucionais. Assim, os prémios foram distribuídos pelos vários anos das escolas do primeiro ciclo da Trofa e ainda pelas várias associações que desenharam o Natal com as cores da Trofa do concelho. No primeiro ano, o terceiro prémio foi para Diogo Martins da Escola EB1 de Casal, o segundo prémio para Inês Portela da Escola EB1 de Finzes e o primeiro prémio para o Rui Pedro Couto da Escola do Cerro 1. No segundo ano, o terceiro prémio foi entregue a Inês Mesquita – Escola EB1 Muro, o segundo prémio a Flávia Silva da Escola EB1 de Casal e o primeiro prémio a Rui Miguel Pinheiro da Escola EB1 de Querelêdo.

Quanto aos alunos do terceiro ano, o terceiro prémio foi para Ana Raquel Braz da Escola EB1 de Portela, o segundo prémio, para o Diogo Azevedo da Escola EB1 de Bairros e o primeiro prémio para o Tiago Daniel Maia da Escola EB1 Giesta 2. No quarto ano, o terceiro prémio foi atribuído à Daniela Filipa da Escola EB1 do Muro , o segundo prémio ao João Rafael Couto da Escola EB1 Giesta 2 e o primeiro prémio ao Ricardo Monteiro da Escola EB1 de Finzes. Dos postais enviados pelas associações, o juri atribuiu o terceiro prémio a Maria Andrade da Santa Casa da Misericórdia, o segundo prémio a Hugo Morais da APPACDM e o primeiro prémio a Maria Eduarda Torres Ramos da ASAS.

O presidente da AEBA, Manuel Pontes, satisfeito com a adesão de todos os trofenses nesta dinamização do comércio local, fez um balanço muito positivo da iniciativa "O Natal é na Trofa". "Foi um incentivo muito grande para mim e para a AEBA, a participação massiva de todos os comerciantes, associações e escolas. Desta forma, posso dizer-lhes que no próximo ano o natal será mesmo na Trofa, com mais um concurso", garantiu.

"O colorido dado ao comércio da Trofa", deixou também o presidente da Câmara Municipal muito satisfeito. Bernardino Vasconcelos não deixou de salientar que o mais importante foi a participação de todos os trofenses. "Eu penso que todos estão de parabéns, podia haver a ideia e o dinheiro, mas podia não haver o que é fundamental, as pessoas que participam, e vocês participaram e estão de parabéns", garantindo que "a autarquia vai continuar a apoiar esta e outras iniciativas para ajudar a dar vida ao concelho da Trofa", concluiu.