Cerca de uma centena de pessoas remarcaram, na terça-feira, dia 1, o Caminho de Santiago pelo concelho da Trofa.

O mau tempo não demoveu os 95 participantes, que aceitaram o desafio de percorrer cerca de 13 quilómetros, em caminhada, e 30, em BTT, pelo Caminho de Santiago pelo concelho da Trofa. Uma iniciativa que partiu da secção de pedestrianismo do Clube de Campismo da Trofa, em parceria com a Associação Cultural e Recreativa da Abelheira (ACRABE) e a Associação para a Proteção do Vale do Coronado, que proporcionaram “um dia inesquecível” a todos os participantes. 

Segundo fonte da organização, era “visível a alegria e o entusiasmo” das pessoas, que “contemplaram a maravilhosa vista panorâmica sobre a cidade da Trofa e concelhos vizinhos”. No fim ficou a promessa de participarem na próxima iniciativa do género. O percurso teve início no Largo de Trinaterra, em S. Mamede do Coronado, seguindo-se para S. Romão do Coronado e Covelas, onde o grupo fez uma pequena pausa para o lanche matinal, necessária para o “restabelecimento de forças” para a subida ao monte de Paradela.

De seguida, desceu até a Abelheira, onde José Sá, presidente da Junta de Freguesia de S. Martinho de Bougado, os aguardava na sede da ACRABE para lhes dar as boas vindas e para inaugurar o espaço de apoio ao peregrino. O percurso terminou na Ponte da Lagoncinha, em Lousado. Já a tarde ficou reservada ao almoço convívio, que se realizou na sede da ACRABE.

Joana Lima, presidente da Câmara Municipal, José Magalhães Moreira, vice-presidente e vereador do pelouro do Turismo, Maria Teresa Fernandes, vereadora do pelouro do Desporto e José Ferreira, presidente de Junta de Freguesia de S. Mamede do Coronado, marcaram presença na iniciativa e ajudaram a remarcar o percurso.

{fcomment}