Ao abrigo de um contrato renegociado com a empresa Xerox, a autarquia irá entregar um total de 60 impressoras e multifunções em todas as escolas básicas e jardins-de-infância do concelho.

Na escola EB1 de Giesta 2, em Alvarelhos, o papel vai deixar de encravar na impressora e a rotina diária de tirar fotocópias, que se pretende simples e rápida, vai deixar de ser uma dor de cabeça para professores e funcionários. A máquina obsoleta, que já obrigava ao aquecimento prévio das folhas para o equipamento funcionar, deu lugar a uma impressora e uma multifunções de tecnologia avançada.

A EB1 do Casal, em S. Mamede do Coronado, a EB1 de Giesta, em Alvarelhos, e a EB1 de Cidai, em Santiago de Bougado, foram as primeiras escolas do concelho a receber os novos equipamentos, esta segunda-feira, entregues pela autarquia ao abrigo de um contrato renegociado entre o executivo municipal com a empresa fornecedora Xerox.

No total, serão entregues 60 máquinas em todas as escolas básicas e jardins-de-infância do concelho, colmatando assim uma importante lacuna em matéria de equipamento escolar. “São 22 estabelecimentos de ensino, alguns com JI separado, e cada um deles vai receber uma impressora a cores e uma multifunções que tem fotocopiadora, impressora, fax e digitalizadora, além de outras funções, de que o pessoal das escolas poderá usufruir”, avançou ao NT/TrofaTv Teresa Fernandes, vereadora do pelouro da Educação da autarquia trofense.

Para a autarca esta era uma necessidade evidente, na medida em que “há fotocopiadoras já com dez anos, das quais muitas já nem conseguem tirar fotocópias”. É o caso da EB1 de Giesta 2, onde a “fotocopiadora bastante antiga dava muitos problemas, implicava já muito gasto de papel e encravava bastantes vezes”, segundo Susana Teixeira Silva, coordenadora da escola. “Era uma necessidade, já há bastante tempo que fizemos diligências no sentido de termos novo equipamento e a nossa grande lacuna era mesmo a fotocopiadora, porque há escolas que têm fotocopiadoras mais recentes do que a nossa”, explicou.

entrega-fotocopiadoras

Com o novo equipamento adquirido, os estabelecimentos de ensino básico do concelho passam a dispor de um sistema de impressão, a cores e a preto e branco, aliado ao equipamento multifunções com serviço de fotocopiadora, impressão, digitalização e envio directo de e-mails. As vantagens são inúmeras, confirma Pedro Cardoso, director técnico Xerox, pois “através de algumas funcionalidades do equipamento” é possível uma maior poupança em termos de impressão e papel. “Quer através do envio do fax directamente do próprio computador, sem ser necessária a impressão do papel, quer através da recepção dos faxes directamente para um e-mail, ou seja não há necessidade de estar sempre a sair uma folha sempre que é recebido um fax”, sustentou o responsável.

Depois de concluída a instalação do material nos estabelecimentos de ensino, a empresa fornecedora, em parceria com os técnicos da autarquia, irá disponibilizar a respectiva formação para professores e funcionários aprenderem a manusear o novo equipamento.

Autarquia quer corrigir pequenas “anomalias” nas escolas

À margem da entrega simbólica das primeiras fotocopiadoras nas escolas básicas do concelho, Teresa Fernandes afirmou que a autarquia irá “fazer o levantamento das necessidades” apuradas pelos autarcas no âmbito destas visitas. A vereadora da Educação adiantou ter verificado “algumas anomalias” em alguns estabelecimentos de ensino, mas que se tratam de “coisas simples”, passíveis de se resolverem “com alguma facilidade e não com muitos custos”. “São coisas simples, como uma telha que está partida, um cano entupido, um vidro partido, coisas que estão há anos assim nas escolas. Vamos fazer um levantamento dessas pequenas necessidades, que podem mudar a vida dos funcionários, alunos e também pais, que têm necessidade de deixar os seus filhos num espaço acolhedor e com mais condições”, asseverou.