Está previsto para o final do ano de 2010 o lançamento da primeira pedra da construção de um novo Lar da Santa Casa da Misericórdia na Trofa. Helena André, ministra do Trabalho e da Solidariedade Social, esteve na cerimónia de assinatura dos termos de aceitação do financiamento.

O Lar Imaculada Conceição, na freguesia de S. Martinho de Bougado, pertencente à Santa Casa da Misericórdia da Trofa, vai ser demolido para no seu lugar nascer um novo espaço de apoio aos idosos do concelho. A garantia foi dada por Amadeu Castro Pinheiro, Provedor da Santa Casa da Misericórdia da Trofa, que assinou os termos do financiamento no âmbito do Apoio ao Investimento a Respostas Integradas de Apoio Social, do Programa Operacional de Potencial Humano (POPH), na Câmara Municipal de Matosinhos, no dia 9 de Junho.

Depois de “concorrer durante vários anos ao programa de financiamento”, desta feita a Santa Casa da Misericórdia será contemplada com uma verba de um milhão e 268 mil euros para concretizar uma obra que está orçada em dois milhões e 298 mil euros. “O resto da verba temos de arranjar na comunidade, na autarquia, nos irmãos e beneméritos”, adiantou Amadeu Castro Pinheiro.

A obra é necessária uma vez que o Lar Imaculada Conceição “não oferece as mínimas condições físicas aos utentes”, por isso, “já de imediato vai ser deitado abaixo um edifício antigo que neste momento está a servir de capela” e as obras terão início dentro de poucos meses. “Parte dos projectos já estão aprovados, outros estão entregues na Câmara Municipal da Trofa, pensamos que agora é mais uma questão de dias, vamos começar a preparar o concurso da obra e depois é o tempo necessário para os concursos e análises de propostas. Mas penso lá para o fim do ano lançar a primeira pedra”, explicou.

O Lar pertencente à Santa Casa da Misericórdia está dividido em dois edifícios: O Lar Imaculada Conceição e o Lar Alfredo Carriço. O último, por ser mais recente, não sofrerá quaisquer alterações e irá apenas ser beneficiado com esta nova construção que prevê mais 60 lugares para idosos.

Estes estão incluídos nos 5600 a nível nacional que o Governo criou através do financiamento de mais 180 novos espaços que prestarão respostas sociais aos idosos. Consciente de que “as sociedades modernas, são sociedades que estão a envelhecer”, Helena André, Ministra do Trabalho e da Solidariedade Social, confirmou ao NT/TrofaTv que esta “é uma preocupação muito grande”, pois pretendem que “as pessoas mais idosas possam ter também qualidade de vida e possam ter uma oferta de serviços”.

Quanto à inauguração do novo Lar na Trofa ficou a disponibilidade da Ministra em estar presente na cerimónia, que, de acordo com Amadeu Castro Pinheiro, decorrerá em 2013.

Para além das respostas para os idosos foram também assinados termos de aceitação com instituições de apoio a pessoas com deficiência. No total são 63 as instituições por onde vão ser distribuídos os mais de 150 milhões de euros investidos pelo Governo. O funcionamento da totalidade dos equipamentos aprovados no âmbito do programa prevê ainda a criação de cerca de 4500 postos de trabalho directos.