A Santa Casa da Misericórdia da Trofa foi uma das vencedoras do concurso BPI Séniores13, recebendo mais de 29 mil euros para a criação de um “espaço terapêutico”.

Desde “os primeiros alarmes da crise”, que os responsáveis pela Santa Casa da Misericórdia da Trofa sentem “o crescer das dificuldades”. Nesse sentido, e por estar “muita atenta a uma onda de sensibilidade” que surja, a Santa Casa participou no concurso BPI Séniores13, que foi promovido “a nível nacional” com o intuito de “premiar projetos inovadores e que visassem a melhoria física e mental de idosos”.

No concurso foi constituído “um júri do banco para distribuir 500 mil euros aos vencedores”. Dos “389 candidatos”, o júri selecionou “19, um dos quais a Misericórdia da Trofa”. “O prémio era distinto no donativo e adequado ao valor e oportunidade do projeto, sendo assim atribuído à Misericórdia o 4º lugar no rateio, a que correspondeu a quantia de 29.426 euros”, contou fonte da Santa Casa.

O prémio, segundo a instituição, será aplicado na “instalação de uma sala ‘snoezelen’, que é um espaço terapêutico que utiliza estímulos sensoriais como música, sons, luz, estimulação tátil e aromas, de forma individual ou em grupo, com o objetivo de promover a estimulação sensorial e/ou a diminuição dos níveis de ansiedade e de tensão, tornando os nossos idosos mais ativos e felizes”. Para os responsáveis da Santa Casa Misericórdia da Trofa, é “um motivo de orgulho” terem sido uma das instituições contempladas.

No decorrer da fase de instalação do projeto, o banco responsável pelo concurso fará “visitas de acompanhamento”.