A Junta de Freguesia de S. Mamede do Coronado inaugurou na tarde de sábado, 21 de setembro, o restauro dos lavadouros de Covêlo e de Casal, bem como o Parque Infantil de Vila. Investimento total ronda os 26 mil euros.

Construído em 1963, o lavadouro situado no lugar de Covêlo, em S. Mamede do Coronado, era um espaço de tanques com água corrente, onde as mulheres iam lavar a roupa e aproveitavam para trocar dois dedos de conversa.

A Junta de Freguesia de S. Mamede do Coronado decidiu “recuperar” este lavadouro, assim como o que está situado no Casal. Os restauros foram inaugurados durante a tarde de sábado ao som do Agrupamento Musical Juventude em Força. Da população que esteve presente, houve crianças e seniores que não resistiram a passar a mão pela água.

José Ferreira, presidente da Junta de Freguesia, declarou que este ato demonstra que o executivo está “atento ao património que tem” e que tem “vontade de o conservar e, sobretudo, de colocá-lo ao dispor da população”. “Isto diz muito daquilo que éramos enquanto freguesia e enquanto comunidade. Os lavadouros públicos foram sempre um local onde as pessoas socializavam e conversavam, sabendo sempre das novidades”, denotou, declarando que fica a faltar o restauro dos lavadouros de Mendões e do Soeiro.

E como cada vez mais a “sociedade está muito fechada”, com “as pessoas a prenderem-se muito às televisões e aos computadores”, José Ferreira espera que a população comece a “socializar mais”, a “sair de casa, a conviver e a conhecer os vizinhos e as gentes mais próximas”. “Acho que enche de orgulho a própria freguesia e quem nos visita fica com a imagem de que nós preservamos aquilo que temos”, referiu.