Dando grande importância à ética e deontologia da comunicação e sentindo a obrigação de bem informar os trofenses sobre os acontecimentos e grandes decisões para o desenvolvimento do concelho da Trofa, com uma visão mais moderna e adequada à época, duas jovens, Magda Araújo, 20 anos, e Vera Araújo, 25 anos, decidiram pôr mãos à obra e criar um novo projeto informativo, que causou uma grande revolução na comunicação social do concelho.
Num pequeno espaço cedido pelos pais, as duas fundadoras trabalharam arduamente para levar avante o projeto de criar um órgão de comunicação social que privilegia ainda hoje a informação clara, isenta e sem tabus.
No dia 12 de dezembro de 2012 foi editado o número zero d’ O Notícias da Trofa, que começou por ser um jornal quinzenal, de carácter local, com uma tiragem média de cinco mil exemplares por edição. Com a evolução do trabalho, as instalações e a equipa ficaram pequenas, obrigando a um crescimento. O jornal passou a semanário, a 26 de julho de 2007, a equipa aumentou gradualmente de duas para uma equipa de dez elementos, com perspetivas de aumentar, e as instalações cresceram para fazer face às novas necessidades deste projeto editorial.
Ao longo destes 12 anos, novas conquistas foram alcançadas, como a criação da televisão TrofaTv, leitores espalhados pelo mundo e é um forte grupo de comunicação. É com orgulho que a equipa passa na rua e vê as pessoas a ler o Jornal, pois demonstra que todo o trabalho levado a cabo, profissionalismo e até as más respostas são recompensados.
Todas as semanas um leque de cronistas escreve sobre os mais variados assuntos da atualidade trofense e nacional.
Muitos vão tentando desde há muitos anos silenciar a voz dos jornalistas livres que trabalham no Jornal O Noticias da Trofa, mas nunca ninguém os conseguiu calar, beliscar e muito menos manchar o profissionalismo e bom nome, quer dos jornalistas, quer deste Jornal.
Esta sexta-feira, 12 de dezembro de 2014, pela verdade, pela objetividade e pela razão a equipa vai continuar a trabalhar com mais vontade, mais vigor e com o mesmo profissionalismo, porque esta equipa não será amordaçada pelo poder, seja ele qual for.
Abaixo as perseguições, abaixo a tentativa de censura… viva a liberdade de Imprensa, viva o Jornal O Notícias da Trofa.

Os jornalistas da redação