O distrito do Porto recebeu verbas para melhorar a segurança em Instituições de Solidariedade Social ao abrigo do Programa MASES – Medidas de Apoio à Segurança de Equipamentos Sociais . A Trofa foi contemplada com a aprovação de três projectos, da Santa Casa da Misericórdia, da creche da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntarios da Trofa e da ASAS.

A Segurança Social vai financiar três projectos na Trofa de outras tantas Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS)que desenvolvem a sua actividade no concelho. Dirigida às IPSS e equiparadas, a MASES comparticipará obras de adaptação das suas instalações ou substituição de materiais ou equipamentos, sobretudo aqueles que possam pôr em causa a segurança dos utentes.

Gilda Torrão, Secretária-geral da ASAS, em declarações exclusivas ao NT/Trofa TV, salientou a importância que este financiamento representa para a instituição, que apoia crianças e famílias desfavorecidas, através do seu Centro Comunitário instalado no concelho da Trofa.

“O projecto aprovado pela Segurança Social é apenas financiado em 50 por cento do valor”, adiantou Gilda Torrão.

“A intervenção vai ser feita ao nível da cozinha. Nós tínhamos uma pequena cafetaria, para o uso interno e este ano vimo-nos surpreendidos com uma procura por parte das famílias, nomeadamente para as crianças de refeições quentes. Quando vimos esta oportunidade fizemos um levantamento do que precisávamos para adaptar a nossa pequena cozinha e foi esse o apoio que viemos pedir à Segurança Social. O projecto vai permitir ampliar e reestruturar a nossa cozinha no sentido de oferecer segurança aos pais que confiam em nós”.

Já Amadeu Pinheiro, em representação dos Bombeiros e da Santa Casa da Misericórdia explicou os dois projectos. “Um projecto muito simples, cuja verba ronda os seis mil euros, portanto é só no aspecto de segurança. Num dos pavilhões, vamos renovar a segurança contra incêndios e foi um projecto que apresentamos”. Quanto ao pedido de financiamento solicitado pela Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários da Trofa “prevê-se a renovação de alguns equipamentos na creche, cujas obras estão orçadas em cerca de 70 mil euros”.

Presente na cerimónia de atribuição dos subsídios estava Jaime Moreira, em representação da Câmara da Trofa, que em declarações ao NT/ Trofa TV garantiu que “este apoio é importante pois vai permitir às associações do nosso concelho renovarem-se de forma a respeitar a legislação em vigor”.

A nível nacional foram quase 600 as instituições contempladas, atingindo-se um investimento total de 43 milhões de euros, abrangendo mais de 1.500 valências de que vão tirar benefícios 65 mil utentes em todo o país.