Um choque frontal entre duas viaturas ligeiras levou quatro pessoas ao hospital. Tudo aconteceu na passada quinta-feira, cerca das 11.30 horas na Estrada Nacional 104, que liga Trofa a Vila do Conde, num local conhecido como recta de Bairros.

     Deolinda Costa de 35 anos, conduzia uma carrinha Opel Astra, seguia no sentido Vila do Conde/Trofa quando o jipe da marca Toyota, que circulava em sentido contrário, entrou em contramão, chocando de frente com a Opel Astra, alegadamente devido a uma manobra perigosa realizada por um terceiro veículo.

Devido à violência do embate a condutora da Astra, Deolinda Costa, ficou encarcerada na viatura e só cerca de uma hora depois foi retirada pelos Bombeiros Voluntários da Trofa, que tiveram que recorrer a material de desencarceramento. Deolinda fracturou as duas pernas e acabou por ser transportada para o Hospital de S.João. A outra ocupante da viatura, Maria Pinheiro de 70 anos, sofreu ferimentos ligeiros e foi transportada ao Centro Hospitalar do Médio Ave, em Santo Tirso pelos Bombeiros da Trofa.

Os dois ocupantes do jipe, um casal com cerca de 65 anos, acabou por ser também levado para o hospital, apesar de aparentemente não apresentarem ferimentos.

No local do acidente esteve um helicóptero do INEM, proveniente do Hospital Pedro Hispano, de Matosinhos, que transportou um médico e uma enfermeira para prestarem assistência aos feridos. A corporação da Trofa deslocou para o local três ambulâncias e um veículo de desencarceramento.

No final da operação de assistência às vítimas, a repórter do NT ouviu a enfermeira do INEM elogiar "o profissionalismo e empenho dos homens da corporação da Trofa".