Muitos adeptos do Trofense ainda se devem lembrar do grande “chapéu” que Zé Manel fez a Paulo Lopes quando a equipa se estreava na Primeira Liga, a 31 de Agosto de 2008. Na segunda jornada e a jogar em casa, o emblema da Trofa empatava a um golo com o Leixões quando Zé Manel decidiu tirar um “coelho da cartola” e dar a vitória aos bebés.

Dois anos depois, o mesmo jogador assina pelo Trofense, para ajudar o clube a regressar ao principal escalão de futebol.

O experiente jogador, de 35 anos, deixa o emblema de Matosinhos para vestir a camisola nº 14 da equipa da Trofa por uma época.

O avançado conta com uma carreira preenchida no futebol, tendo representado os Caçadores das Taipas (duas épocas), o Paços de Ferreira (cinco épocas), o Boavista (três épocas), o Sporting de Braga (uma época) e o Leixões (duas épocas).

Na terça-feira, o avançado já alinhou pelo Trofense no jogo-treino com equipa do Sindicato de Jogadores, no qual os da Trofa venceram 5-2, com golos de Caicó (dois golos), Chico (dois), Nikiema e Luiz Eduardo.

Para o quinto jogo-treino da pré-época 2010/11, Porfírio Amorim escolheu o seguinte ‘onze’: Marco, Gegé, Luiz Eduardo, Varela, Igor, Rafa, Caicó, Dani, Serginho, Moustapha e Chico. Jogaram ainda: Janota, João Dias, Zé Manel, Moreilândia, Tiago, Filipe Gonçalves, Nildo, Nikiema, Reguila, Licá.