Select Page

Zé Amaro arrastou milhares à ExpoTrofa

Zé Amaro arrastou milhares à ExpoTrofa

As portas da ExpoTrofa 2017 abriram no sábado, 1 de julho, para mais uma edição da maior mostra cultural e empresarial do concelho.
Pelo recinto da ExpoTrofa, localizado nas imediações da estação ferroviária, passa, até 9 de julho, o melhor que a Trofa tem. Mas não só. Além da prata da casa, Sons do Minho e Zé Amaro foram alguns dos artistas que animaram a edição de 2017 da ExpoTrofa. O certame ainda não terminou e a presidente da Comissão de Festas em honra de Nossa Senhora das Dores, Adelaide Matos, já o considera um sucesso. “Nota-se que toda a gente está muito animada e satisfeita e este é o primeiro passo para um fim com sucesso”, disse em entrevista à TrofaTv/ O Notícias da Trofa. Logo no primeiro dia de ExpoTrofa, Adelaide Matos colocou as expectativas “elevadas”, destacando “os mais de 130 stands e 70 empresas” que quiseram mostrar o melhor da região. “Estes números mostram bem o quanto as pessoas acreditam neste evento”, realçou a presidente da Comissão de Festas. “São pessoas que acreditam na Trofa e que trazem o que têm de melhor”, completou.
Sons do Minho fizeram as honras da casa, dando início aos momentos culturais da edição este ano. No domingo, 2 de julho, o dia foi dedicado à freguesia do Muro, com o Grupo de Cavaquinhos dos Voluntários da Associação Muro de Abrigo, a Associação Recreativa Juventude do Muro – Karaté, o Rancho Feminino de Danças Pra’pular do Muro, o Grupo de Jovens do Muro “Juventude Sem Fronteiras” e a banda Sleeping Forest a mostrar o talento murense. Zé Amaro arrastou milhares de pessoas à ExpoTrofa na noite de segunda-feira. O artista foi o protagonista de um dos momentos altos do certame. Na terça-feira, 5 de julho, as Marchas de S. Pedro da Maganha e o concerto de NOA completaram o cartaz do dia dedicado à freguesia de Bougado. Na quarta-feira, dia de Alvarelhos e Guidões, foram a Fanfarra de Santa Maria de Alvarelhos, Alva Academia de Dança e Rancho Folclórico de Alvarelhos os protagonistas da festa.
Mas até domingo ainda há muito por acontecer na ExpoTrofa 2017. Esta quinta-feira, o dia volta a ser dedicado à freguesia de Alvarelhos e Guidões e poderá ver os Rufos do Castro, Elsa Carneiro, Grupo de Teatro de Guidões e Helpidez – Atividade Física de Jovens. No dia do Coronado, 7 de julho, poderá assistir à atuação do Rancho Folclórico de S. Romão do Coronado e de Pedro Quina. Covelas apresenta, no sábado, o concerto dos Batida de Coco. Para encerrar as festividades, no domingo, está programada uma noite dedicada à moda, da responsabilidade da freguesia de Bougado.
Empresas e associações mostram neste certame o melhor da região, desde o artesanato à gastronomia. Para Adelaide Matos “todos são importantes, desde o pequeno artesanato à grande empresa”.

Videos

Loading...

Siga-nos

1ª página da edição papel

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização