A loja Xegamais, localizada no Centro Comercial da Vinha, na rua Conde S. Bento, na cidade da Trofa, marcou presença neste salão erótico e Bruno Mesquita, gerente do estabelecimento, fez um balanço positivo do certame.

   Sob o lema de "atacar a cidade em nome da liberdade sexual, concedendo todos os prazeres e livre de preconceitos" o salão erótico ErosPorto 2008 fez sucesso no Pavilhão Multiusos de Gondomar.

Para além de espectáculos eróticos, concursos que misturam humor com provocação, sensuais acrobacias e consultório erótico, estiveram ainda presentes inúmeras sexshops, que tentaram promover a sua loja e os produtos que comercializam.

A loja Xegamais, localizada no Centro Comercial da Vinha, na rua Conde S. Bento, na cidade da Trofa, marcou presença neste salão erótico e Bruno Mesquita, gerente do estabelecimento, fez um balanço positivo do certame: "Fomos contactados pelos membros da organização e como já tínhamos participado noutro salão erótico em Lisboa, aceitamos o convite. O evento superou as nossas expectativas, porque promoveu muito a loja, assim como o nosso sítio na internet que é www.xegamais.com".

O objectivo principal da sua participação passava pela "divulgação dos produtos e do site, porque é difícil termos um grande nível de vendas, devido ao preço do bilhete do certame. Assim as pessoas levam o nome da loja, visitam o nosso sítio e vêem os produtos que comercializamos e compram o que quiserem".

Não esquecendo as dificuldades por que passou na altura da abertura da Xegamais, o gerente sublinhou que "os preconceitos começam a desaparecer e a população da Trofa já adere mais à loja. Aumentamos o número de vendas e a projecção é para aumentarem ainda mais". É por isso um negócio "para seguir em frente".

Como o responsável afirmou, o Xegamais contou com a visita de muitas pessoas, no entanto não contava com a presença do enigmático major Valentim Loureiro, que fez questão de vistoriar os produtos em exposição pela loja. O episódio caricato aconteceu, quando Bruno Mesquita ofereceu ao presidente da Câmara Municipal de Gondomar Valentim Loureiro, o Viapro, pílula para "power" de 16 horas, mas o major declinou prontamente.