festa-vizinhos-(2)

Música, churrasco, actividades para as crianças e muita diversão foram os ingredientes da Festa dos Vizinhos que, na passada terça-feira, animou o complexo habitacional camarário de S. Martinho de Bougado.

 Comemorada a nível europeu na última terça-feira do mês de Maio, Dia Europeu dos Vizinhos não passou em branco na Trofa. Promovida pela autarquia, a iniciativa trouxe animação ao complexo de habitação social de S. Martinho Bougado, onde não faltou música, churrasco e actividades para as crianças.

Conhecida como a “avó do bairro”, Conceição Caetano é uma das moradoras do complexo habitacional que nunca faltou à Festa dos Vizinhos. “É a segunda vez que fazemos esta festa aqui e estou toda contente, estou sempre a participar”, contou ao NT/TrofaTv, enquanto se ocupava dos últimos preparativos para o lanche. A viver há dois anos no complexo habitacional de S. Martinho de Bougado, Conceição Caetano diz dar-se bem “com toda a gente”. “Temos de ser uns para os outros e sobretudo temos de ser todos amigos uns dos outros”, ressalvou, considerando que iniciativas como esta que promovem o convívio entre os vizinhos deveriam ser realizadas mais vezes ao longo do ano.

Também Maria Rosalinda Lima e Maria de Fátima Madureira não perdem uma oportunidade de se associar às festas que juntam os moradores daquele complexo habitacional. Vestidas com uma t-shirt onde se lia “Festa dos Vizinhos” as duas moradoras faziam companhia ao rapaz que estava responsável pelo churrasco. “Venho sempre, gosto de dançar e de me divertir com as pessoas”, afirmou Maria Rosalinda Lima. Já Maria de Fátima Madureira aplaudiu a iniciativa promovida pela autarquia, que considera “muito bonita” e “importante para os vizinhos conviverem uns com os outros”. “Gosto de muito de estar onde estou e de conviver com eles”, referiu.

Bernardino Vasconcelos, presidente da autarquia, também não deixou de marcar presença na Festa dos Vizinhos. “Mais uma vez estamos a celebrar a Festa dos Vizinhos, tal qual o ano passado retomamos essa festa aqui na urbanização de S. Martinho da habitação social em que juntamos esta vez também as pessoas que vivem no sector de S. Romão que quiseram vir”, afirmou o edil ao NT/TrofaTv.

Bernardino Vasconcelos lembrou que a integração nos complexos habitacionais de S. Martinho de Bougado e S. Romão do Coronado “já dura há dois anos” e que autarquia trabalhou no sentido da integração “pudesse ser o mais pacífica possível e pudesse ser plena”. “Na generalidade assim aconteceu, isto para além daquele trabalho que fazemos no dia-a-dia, através da Acção Social, das educadoras sociais, das assistentes sociais, numa relação constante com as pessoas que para aqui vieram”, acrescentou.

“E para cada vez mais criar este ambiente de boa vizinhança aqui estamos a festejar o Dia Europeu do Vizinho, acho que é mais um gesto de que estas pessoas, que são pessoas carenciadas, merecem a nossa atenção e no fundo fazer-lhes reparar que nós estamos preocupados e atentos com eles”, rematou o edil.