Foto Freitas

A paróquia de S. Martinho de Bougado celebrou a bênção dos casais que em 2009 completam 25 ou 50 anos de matrimónio. A festa, que teve lugar na Igreja Nova da Trofa e na Quinta de Nossa Senhora da Alegria, foi dedicada a 46 casais que comemoram as bodas de prata e a 14 que este ano alcançam meio século de vida em comum.

 Para o pároco de S. Martinho de Bougado, Luciano Lagoa, a comemoração das bodas de prata e ouro representou “um momento de partilha e encontro entre todos os que abraçaram um projecto comum e o souberam manter ao longo dos dias e dos anos” e prova disso foram algumas das palavras de introdução à celebração, partilhadas por um dos casais: “Foi nos anos de 1959 e 1984 que nos unimos pelo sacramento do matrimónio. Todos nós aqui presentes viemos para agradecer a Deus o dom da fidelidade. Hoje, neste momento da nossa caminhada, aqui estamos para dizer que somos felizes e deixar um obrigado a Deus e à Igreja. Tivemos muitos momentos de felicidade e outros menos felizes. Nem sempre foi fácil! O cansaço, às vezes a indiferença, outras vezes pequenas faltas de amor fizeram com que criássemos pequenos atritos na nossa vida conjugal e familiar. Neste nosso caminhar, e como em tudo na vida, tivemos alguns dissabores, alguns constrangimentos mas sentimos, sobretudo, a alegria de aqui termos chegado, e isso não teria sido possível sem o apoio, carinho e incentivo dos nossos filhos, familiares e amigos”.

A celebração das bodas de prata e ouro contou com a presença de D. Óscar, Bispo Emérito de Benguela, Angola, que não deixou de realçar “a importância da vida familiar e dos esforços que os seus membros têm de fazer para ultrapassar as dificuldades que são colocadas no caminho” mas, salientou também, “essas dificuldades quando ultrapassadas podem ser sinal de crescimento do amor tornando-o mais adulto e mais forte”, segundo Luciano Lagoa, em nota enviada à imprensa.

Depois da Igreja, a festa prosseguiu com um almoço e convívio entre casais e familiares na Quinta de Nossa Senhora da Alegria em Ribeirão, onde se juntaram cerca de 450 pessoas.

O pároco Luciano Lagoa realçou ainda “o interesse que as autoridades civis manifestaram nesta iniciativa sobretudo com a presença da Junta de Freguesia e da Câmara Municipal que colaborou através do Pelouro da Acção Social com esta iniciativa”, assim como a participação do grupo de música tradicional “Conjunto Típico do Vale”.

A Diocese do Porto está a promover uma iniciativa similar no próximo dia 7 de Junho, no Santuário de Nossa Senhora da Saúde nos Carvalhos, Vila Nova de Gaia. Os interessados devem contactar o Cartório Paroquial de S. Martinho de Bougado até esta sexta-feira, 29 de Maio.