Para dar a conhecer os diversos produtos alimentares que comercializa, a Osfama ousou e promoveu um evento de degustação, nas novas instalações, em Vilarinho das Cambas, no concelho de Vila Nova de Famalicão.

Cerca de 250 pessoas participaram na iniciativa, denominada “Gastro Sessions”, que contou com a parceria do chef Álvaro Costa, que confecionou alguns pratos utilizando os produtos comercializados pela Osfama. “É uma forma diferente de dar a conhecer o que vende, promovendo ainda um salutar convívio entre clientes, fornecedores e colaboradores da empresa”, elogiou o chef, que acredita que eventos deste género também frutificam “nas capitais europeias”.

Filipe Azevedo, coaching de vendas da Osfama, pensou o evento com o propósito de “fortalecer parcerias” e não duvida de que a “Gastro Sessions” foi “uma aposta ganha”.

“Temos de inovar e sermos diferentes dos outros, como temos sido, daí podermos dizer com contentamento que a Osfama é a única PME que, em quatro anos consecutivos, cresceu acima dos 20 por cento na distribuição alimentar”, atestou.

E este crescimento, assegura, só é possível graças “às 30 pessoas que trabalham na empresa”, que foram capazes de a reinventar, “sem ter medo de arriscar fazer novo e diferente”.

Quem também não escondia o sorriso de satisfação era Óscar Campos, sócio-gerente da Osfama, que, depois de alguma apreensão relativamente à afluência ao evento, acabou por render-se perante a presença de vários visitantes, inclusive o vereador da Economia, Empreendedorismo e Inovação da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Augusto Lima.

A Gastro Sessions foi também uma oportunidade para que os clientes conhecessem as novas instalações da Osfama, que vieram reforçar a capacidade logística da empresa, que mantém a sede em Guidões, no concelho da Trofa.

“Foi espetacular. Estiveram cá clientes que já não víamos há muito tempo e eles tiveram oportunidade de conhecer estas novas instalações. Quero que o evento se repita”, referiu Óscar Campos.

A Osfama tem à disposição dos clientes um leque diversificado de produtos alimentares de charcutaria, congelados, laticínios, carnes verdes, peixe, carnes em vácuo, vinhos e azeites. Já com uma elevada cobertura no país, o projeto de futuro passa, segundo Óscar Campos, por chegar mais longe, reforçando a presença no sul do país.