A música clássica regressa sexta-feira ao programa do XIV Festival Internacional de Guitarra de Santo Tirso, no Auditório da Biblioteca Municipal, com o guitarrista argentino Victor Villadangos.

O multipremiado guitarrista clássico apresenta-se com o Quarteto ARTAVE, no penúltimo concerto no festival, que tem vindo a realizar-se em vários auditórios do concelho desde 26 de Maio, organizado pelo pelouro da Cultura da Câmara de Santo Tirso.

Natural de Buenos Aires, Víctor Villadangos obteve o título de Professor Superior de Guitarra na Escola de Música Juan José Castro de Buenos Aires, onde é presentemente docente.

Desde 1980, tem-se apresentado regularmente como solista e com conjuntos de música de câmara nas principais victor villadangossalas da Argentina, bem como em Itália, Alemanha, Áustria, Bélgica, Luxemburgo, Portugal, Suíça, Suécia, Noruega, Canadá, EUA, Brasil, Chile, Uruguai, Israel e Japão.

Actuou com numerosas orquestras de prestígio internacional, nomeadamente a Orquestra Sinfónica Nacional de Cuba, a Orquestra de Câmara de Israel, a Filarmónica de Buenos Aires, entre outras.

Desde 1990, Víctor Villadangos é convidado regular para leccionar seminários e master classes em diversos países de América Latina e Europa.

O seu currículo discográfico inclui 14 CD's a solo bem como a sua colaboração em numerosas produções de música clássica e popular.

Desde 2000, é artista da conhecida editora Naxos, onde saiu o seu álbum mais recente, com obras do compositor venezuelano António Lauro.

Este é o penúltimo dos sete concertos da presente edição do festival, três de jazz e os restantes de música erudita antiga barroca e clássica.

O jazz iniciou o festival, com o concerto inaugural a cargo do norte-americano Stanley Jordan, seguindo-se o britânico Martin Taylor (02 de Junho).

O terceiro fim-de-semana pertenceu à música antiga e barroca, respectivamente com o Rilegato Ensemble e o quarteto Je-ne-scay-quoy, enquanto no quarto fim-de-semana regressou o jazz, com o alemão Uwe Kropinski.

O festival encerra a 30 de Junho, no Auditório Eng. Eurico de Melo, em Santo Tirso, com o quarteto do japonês Kazuhito Yamashita, considerado um dos melhores guitarristas do mundo, com mais de cem gravações no seu currículo e inúmeras apresentações públicas como solista, com grupos de câmara e orquestras.

O Festival Internacional de Guitarra de Santo Tirso iniciou-se em 1994, numa iniciativa da autarquia local, com o apoio da ARTAVE – Escola Profissional Artística do Vale do Ave, da Fundação Cupertino de Miranda.