A AMAVE – Associação de Municípios do Vale do Ave vai investir 2,5 milhões de euros para transformar o Vale do Ave numa região digital. O anuncio foi feito em conferencia de imprensa por Castro Fernandes, presidente da Associação , na passada semana.

  Os «Ecrãs Públicos» irão divulgar, de forma instantânea, notícias locais e regionais, apresentar cada um dos  Municípios que fazem parte do Projecto e divulgar a Agenda de todo o tipo de eventos, sempre no âmbito Regional. A actualização da informação é permanente para que possa atrair a atenção dos cidadãos e, também, de outros órgãos de Comunicação Social, de âmbito nacional.

Os «Ecrãs Públicos», sub-projecto, que está já no terreno é promovido pela Amave, com a parceria do Centro de Computação Gráfica, da Universidade do Minho e das Águas do Ave, co-financiado em 2,5 milhões de euros pela União Europeia – Feder, POS-Conhecimento, Operação Norte, e será implementado nos municípios de Vieira do Minho, Póvoa de Lanhoso, Fafe, Guimarães, Vizela, Vila Nova de Famalicão, Santo Tirso e Trofa.

Através da criação e disponibilização de conteúdos, infra-estruturas e serviços on-line os ecrãs serão um meio para divulgar e promover a Região, bem como, um meio de Comunicação e Sensibilização do projecto global. A instalação dos «Ecrãs Públicos», nos locais de atendimento de cada um dos Municípios, deverá estar terminada até finais de Julho de 2007.

O Projecto "Vale do Ave Região Digital", que será totalmente implementado até Dezembro do corrente ano, pretende criar uma rede de Comunicação e Informação, digitais, para os cidadãos, transformando o Vale do Ave numa Região Digital. O Projecto «Vale do Ave Região Digital» tem como sub-projectos: o Portal Regional Conhece o Ave (que inclui: Portal Regional, Museus Virtuais, Guias Móveis de Apoio à Visita e Ecrãs Públicos), o Governo Electrónico Autárquico, a Plataforma Tecnológica Regional, a Qualidade Ambiental e o Agente Móvel.