O estandarte com a bandeira do concelho e a tocha da união passaram, este domingo, pelas oito freguesias da Trofa. A iniciativa Estafeta da União, juntou várias associações e começou em S. Martinho, com os atletas do Ginásio da Trofa.

Foi mais “uma jornada importante” para Bernardino Vasconcelos, presidente da autarquia trofense, que participou na Estafeta da União no âmbito das comemorações dos 10 anos do concelho da Trofa.

A bandeira do concelho e de cada freguesia e a Tocha da União percorreram cerca de 40 quilómetros acompanhadas por atletas do Ginásio da Trofa e vários elementos de associações de Guidões, S. Mamede e S. Romão do Coronado, S. Martinho e Santiago de Bougado, Muro, Covelas e Alvarelhos.

Para Bernardino Vasconcelos “este é o sinal de coesão que sempre quisemos dar desde o início e que aqui neste contexto do décimo aniversário queremos relembrar”.

A chuva também acompanhou os atletas, mas segundo o autarca: “o responsável pelos atletas do Ginásio da Trofa disse-me que para os atletas esta chuva é igual à chuva que os jogadores de futebol apanham quando jogam futebol, por isso, e a chuva não era a parte mais desagradável”.

Botelho da Costa, responsável pelo Ginásio da Trofa, garantiu que a sua instituição “como elemento das forças vivas da terra esta estafeta significa muito, significa o entrosar do esforço durante dez anos e após dez anos para a criação deste concelho”.

Esta Estafeta da União “mantém viva a chama da união entre freguesias que não foi muito pacífica no início e isto visa precisamente o aglutinar de forças e a criação de um elo de amizade entre todos e todas as freguesias”, acrescentou.

A Estafeta terminou ao início da tarde, no Parque Nossa Senhora das Dores, onde se juntaram as oito bandeiras das freguesias e a Tocha da União.