“Muito trabalho”, “muita poupança”, sem descurar “os grandes projectos e as grandes linhas orientadoras do programa eleitoral”. É desta forma que Joana Lima, presidente da Câmara Municipal da Trofa, faz o balanço do primeiro ano de mandato.

 

“Lutar” foi o verbo mais utilizado por Joana Lima durante a entrevista sobre o balanço deste primeiro ano à frente dos destinos da autarquia trofense. A edil diz sentir “o dever cumprido” e um a um enumera os “compromissos de honra” que assumiu na campanha eleitoral em 2009 e que já começou a cumprir. “Já concluímos alguns compromissos e encetámos algumas diligências para cumprir outros”, garantiu, destacando a decisão da localização dos Paços do Concelho, a oferta dos livros escolares às crianças do primeiro ciclo, a redução das taxas de ligação da água e saneamento em 50 por cento e as políticas de juventude, como as medidas que “começaram a mudar” o concelho da Trofa. “E mudar para nós significa fazer diferente e melhor”, acrescentou.

“Com apenas um ano de trabalho, com as dificuldades financeiras com que nos deparamos, com a Câmara a precisar de uma organização forte, sinto que, quer eu, quer o meu executivo, e tenho a certeza que a maioria dos trofenses, se reveêm nestas minhas palavras, e apesar das dificuldades nós temos já um trabalho bem concretizado”, frisou.

Pode ler a reportagem na íntegra na edição desta semana d’O Notícias da Trofa.