Delegação da Trofa da Cruz Vermelha Portuguesa surpreendeu os alunos do Jardim de Infância do Paranho, no dia 30 de maio, com a entrega do prémio vencedor do concurso “Cria a tua t-shirt”. 

“Troque o cigarro pelo calor de um abraço”. Esta frase figurava na t-shirt vencedora, na categoria pré-escolar, do concurso “Cria a tua t-shirt”, dinamizado pela delegação da Trofa da Cruz Vermelha Portuguesa (CVP). De forma a marcar o Dia Mundial Sem Fumo – que se celebra no dia 31 de maio – a delegação desafiou as turmas do pré-escolar e primeiro ciclo a criar “uma t-shirt original alusiva ao tema”, sendo que as duas turmas vencedoras ganhariam “um prémio aliciante para desfrutar com os colegas”.

No total, participaram “27” turmas das escolas do concelho. Nas categorias do pré-escolar e primeiro ciclo, venceram duas turmas da EB1/JI do Paranho, em S. Martinho de Bougado, que, como prémio recebeu um certificado e uma caixa com material escolar, entre lápis de cor, cartolinas e bloco de folhas, entre outras coisas.

Segundo Daniela Esteves, presidente da delegação da Trofa da CVP, “todas as t-shirts tinham mensagens muito interessantes, importantes e genuínas”, tendo as duas vencedoras se sobressaído “ um bocadinho mais pela parte plástica e pela mensagem que nos pareceu um bocadinho mais forte do que outras”.

A iniciativa, que já vai na 6.ª edição, tem como objetivo sensibilizar “os mais novos” para os malefícios do tabaco, para que fiquem mais conscientes desta problemática, tendo em conta que cada vez mais jovens começam desde cedo a consumir.

 Jovens apresentaram propostas para a igualdade e violência de género


Já inserido no projeto “A Outra Face”, a delegação da Trofa realizou uma tertúlia alusiva ao tema da igualdade e violência de género, denominada “Chuva de Ideias”. Espalhados por “cinco mesas temáticas” dinamizadas por representantes da Comissão de Proteção de Crianças e Jovens, GNR, Gabinete para a Igualdade da Câmara Municipal da Trofa e Espaço T, os alunos do 9º B da EB 2/3 de Alvarelhos, iluminados pelas lâmpadas, tiveram que apresentar “ideias sobre cinco temas” que, “às vezes podem não ser fáceis, como a violência no namoro, respeitar a diferença para não discriminar, a violência doméstica, a diferença do género e o que é um namoro saudável”. A iniciativa decorreu na tarde de 29 de maio, no auditório do edifício sede da Junta de Freguesia de Bougado, em S. Martinho.

Segundo a técnica Carla Lima, esta foi uma turma com quem trabalharam e que “se mostrou muito recetiva e que sempre gostou de trabalhar estas temáticas”, o que os levou a pensar que “umas cabeças pensantes que deviam estar” neste seminário. “Eles vão apresentar o que é que se pode melhorar para que as coisas fiquem mais compostas em Portugal e no concelho. Há ideias muito interessantes e muito válidas, algumas ligadas às novas tecnologias para apelar às pessoas, na questão da publicidade, de chegarmos às pessoas e de as sensibilizar”, declarou, adiantando que posteriormente será criado “um documento final com as conclusões que forem apresentadas” e “as melhores ideias”.

Para Carla Lima esta é “uma forma de captar a atenção dos jovens e dos mais novos, para que estes problemas não se repitam em idade adulta e não terminem em homicídios como tem acontecido ultimamente”.