Já há luz ao fundo do túnel naquele que é já considerado a “obra do século”. A toneladora derrubou, esta quinta-feira, a última parede que separava as duas extremidades daquele que é o maior túnel ferroviário construído nos últimos anos.

Bernardino Vasconcelos presidente da autarquia da Trofa assistiu ao momento simbólico e reconheceu que esta é uma obra que “fica para a história”.

tunel

“É com satisfação que vejo mais uma etapa do andamento da obra, a cumprir prazo de tal forem a que em Abril ou Maio do ano que vem, os comboios já poderão passar aqui”, afirmou.

O edil sublinhou ainda as vantagens desta empreitada para o concelho, que poderá “tirar o comboio do centro da Trofa” e “retirar uma situação de conflito de trânsito”.

 

Com os objectivos alcançados, os responsáveis da REFER acreditam que a fase mais crítica desta obra já foi superada e reconhece que os prazos e as metas estão a ser cumpridos.

“Obras em túneis são sempre obras de grande complexidade nem todas as empresas têm ‘know-how’ para as fazer. A contratação que fizemos na sequência de concurso público foi nesse sentido, ao escolhermos este consórcio tínhamos a certeza que não iríamos ter problemas de ordem técnica”, afirmou.

tunel-2

Com os percalços ultrapassados a obra da construção da variante vai continuar para que em maio de 2010 os comboios comecem a circular no túnel.