Mesmo tendo sido programada, segundo a mesma política de investimentos das edições anteriores, a Semana da Juventude 2007, é já a "melhor edição de sempre". Esta é a opinião do presidente da Câmara Municipal da Trofa, Bernardino Vasconcelos, que valorizou o local de realização da iniciativa e todas as actividades organizadas para os jovens.

   A Trof@posta Jovem é já sinónimo de sucesso. Com início na passada sexta-feira, a iniciativa atraiu ao Parque Nossa Senhora das Dores milhares de jovens, que encheram o local durante os cinco dias.

De sexta a quarta-feira, a Semana da Juventude ofereceu variadas actividades, desde moda, música, dança, teatro e stand up comedy. As atracções do cartaz de 2007, completamente renovado, relativamente às edições anteriores, foram os Blind Zero, os Blunder e os Dr1ve.

Promover o intercâmbio de experiências e de conhecimento entre jovens, através do desenvolvimento de actividades pedagógicas e lúdicas na vertente sócio-cultural, desportiva e musical foi o objectivo traçado para a edição de 2007 desta iniciativa.

O edil trofense, Bernardino Vasconcelos, considerou esta a "melhor edição de sempre" da Semana da Juventude. "Mesmo com um investimento que não ultrapassou os das edições passadas, esta Semana da Juventude deu um salto qualitativo considerável e interessante, não só pela presença dos vários expositores, com instituições e associações dirigidas para os jovens, mas também pela dinâmica das actividades como dança, desportos radicais e moda. Estamos a ser cada vez mais criteriosos, tentando oferecer qualidades sem que isso dispare nos gastos".

O local escolhido para a Trof@posta Jovem também contribuiu para o êxito do certame: "o parque Nossa Senhora das Dores, é o local mais apetecível, que permite fazer uma localização dos stands de uma forma mais aprazível".

A grande afluência da população jovem, não só do concelho da Trofa, mas também de concelhos vizinhos, como Vila Nova de Famalicão e Santo Tirso tem agradado a Bernardino Vasconcelos: "o espaço está mais cheio, em termos de ocupação, face à Expotrofa, o que nos satisfaz e o que nos indica que fizemos um bom planeamento da iniciativa e que o se gasta aqui, compensado com o retorno, é irrisório", referiu.

 

CENFIM, FORAVE, CESPU e UM mostram futuro profissionalizante

Mais do que organizar actividades de divertimento para os jovens, a TRof@posta Jovem foi também mote para auxiliar no futuro, relativamente a vias profissionalizantes. "Estamos a oferecer ao jovens, não só divertimento, mas também o conceito de associativismo, a capacidade de iniciativa e ainda tentamos contribuir para o auxílio na escolha do futuro a escolher no que concerne à vida profissional. Estas instituições oferecem uma panóplia de ofertas aos jovens, mostrando-lhes os vários caminhos que eles podem seguir na sua vida profissionalizante", afirmou o presidente.

Para além disso a Semana da Juventude contou com a presença de vários artistas da região, "que nos deram o prazer de expor os seus trabalhos. Tiveram oportunidade de mostrarem o que valem e isso enche-nos de orgulho".

 

Evolução é palavra-chave

Para além de terem serviço de bar, os jovens podem ainda visitar a Semana da Francesinha, que decorre paralelamente, também no Parque Nossa Senhora das Dores. Inovação foi palavra de ordem para esta edição, que promete ficar na memória dos responsáveis. Contudo a satisfação nunca é plena: "É uma aposta ganha, mas não acabada, porque há sempre que melhorar num ou noutro aspecto. Ainda estamos aquém do que queremos atingir em termos de presença e de relação com os nossos jovens", concluiu o edil trofense.

Também o assessor para o Juventude e Desporto da Câmara Municipal da Trofa, Sérgio Humberto, em entrevista ao NT, afirmou que "a semana da juventude é um evento que, apesar de ser mais curto do que habitual tem um cartaz recheado de actividades de todos os tipos. Isto mostra que a autarquia aposta na juventude e na diversidade de iniciativas direccionadas para os jovens não só do concelho, mas de toda a região".