Com um investimento na ordem dos 30 milhões de euros, Braga foi a cidade eleita para acolher o novo hospital privado do Grupo Hospital da Trofa, que resulta de uma parceria com a Britalar. A cerimonia de lançamento da primeira pedra para a construção desta unidade hospitalar cujo objectivo é enriquecer, ao nível dos cuidados de saúde, aquela que é considerada das cidades mais importantes do País decorreu esta segunda-feira.

  A construção do Hospital Privado de Braga, que se prevê em pleno funcionamento no 1º trimestre de 2009, pretende também implementar um novo conceito de medicina, centrado no doente, com o qual se pretende criar um hospital de terceira geração que irá também possibilitar a criação de 400 postos de trabalho.

Com 15.000 metros quadrados distribuídos por 6 pisos, o Hospital Privado de Braga, num ambiente caracterizado pela luminosidade e espaços amplos, vai disponibilizar: 80 Camas no Internamento (quartos privativos, suites, enfermarias de 2 e 3 camas); Bloco Operatório com 6 salas (preparado para cirurgias de grande complexidade, cirurgia de urgência e também cirurgia de ambulatório); 6 Quartos privativos de cuidados intensivos; 6 Quartos privativos para a fase pré-parto e parto; Consulta externa com 40 gabinetes; Serviço de urgência com áreas funcionais autónomas de adultos, crianças, traumatizadas, emergência e observação; Imagiologia com TAC e Ressonância; Fisioterapia com piscina.

O Hospital Privado de Braga vai ser um hospital geral e de agudos. Com o destaque para o serviço de urgência 24 horas, esta unidade hospitalar vai disponibilizar um conjunto variado de valências médicas, cirúrgicas, de diagnóstico, bem como serviço de cuidados intensivos. Todas estas especialidades terão por base equipamentos e tecnologias de ponta.

Hospital da Trofa investe em Gaia

O Hospital da Trofa lidera um grupo de investidores que vão construir uma nova unidade hospitalar em Vila Nova de Gaia num investimento previsto de 30 milhões de euros.A Câmara Municipal de Gaia assinou esta quarta-feira um protocolo de investimento para a construção do Hospital Privado de Gaia que terá 60 camas, quatro salas de operação, entre outras valências, e vai criar 100 postos de trabalho. A construção deverão arrancar até ao final do verão e estar concluída no prazo de dois anos.

Investimentos nos países de Leste e Palop's

A internacionalização é agora uma das grandes apostas do Grupo Hospital da Trofa " temos vindo a trabalhar bom países como a Polónia e Bulgária em projectos concretos que não quero revelar mas posso dizer que são projectos apetecíveis", assegurou o gestor. José Vila Nova confidenciou ainda que "até ao final do ano haverá noticias quanto a estes projectos", assegurou.

Para o responsável a aposta na área da saúde, como em quase todas, "passa pela internacionalização e investimentos em outros mercados, criando valor acrescentado".

Quanto ao possível investimento nos PALOP's José Vila Nova confidenciou que "existe o problema dos recursos humanos, não tem a ver com recursos financeiros ou acesso à capacidade de construir", assegurou.