Autarquia homenageou trofenses que se destacaram em várias áreas desde o desporto à solidariedade.

“É sempre com enorme satisfação que assisto ao sucesso dos trofenses que se destacam no País e no Mundo e que testemunho a excelência que depositam nas suas ações, e na forma como engrandecem a Trofa, que devido a eles é um município de cultura e de conhecimento, empreendedor e progressista”. Foi desta forma que Joana Lima, presidente da Câmara Municipal, se referiu aos trofenses que foram homenageados com a entrega de medalhas de mérito desportivo, cultural e por benemerência, na sessão solene comemorativa dos 14 anos de concelho, no salão nobre dos Bombeiros da Trofa. 

O empenho que tem dedicado às famílias carenciadas de Covelas e o trabalho realizado em missão em S. Tomé e Príncipe valeram a Laurinda Martins a medalha de mérito por benemerência. Um reconhecimento que a apanhou de surpresa, porque “não é para ser reconhecida” que dedica a sua vida a servir os outros. “Eu acredito sempre num reconhecimento osterior e num reconhecimento além desta vida. No entanto, aceitei-o como o resultado de um serviço que eu presto à comunidade em geral. A cada dia que passa, sinto uma responsabilidade acrescida, atendendo à crise que vivemos. Todos os dias, o meu telemóvel e a minha porta não têm sossego”, afirmou.

Leia a reportagem completa na edição desta semana d’ O Notícias da Trofa, disponível num  quiosque perto de si ou por PDF.

{fcomment}