O NT ouviu algumas personalidades do concelho que elogiam o trabalho de Rui Silva e apelam à sua continuidade na direção do Trofense.

O movimento gerou-se no final da época, altura em que a direção do Clube Desportivo Trofense terminou o mandato. A poucos dias de se elegerem os novos órgãos sociais do clube, o blogue de apoio ao clube, “SouTrofense”, lançou uma campanha em que publica mensagens de incentivo dos trofenses e jogadores a Rui Silva, pedindo-lhe para que continue a liderar os destinos do emblema mais representativo do concelho.

Ricardo Santos, administrador do blogue foi o primeiro a manifestar-se, considerando que “neste momento”, o clube “não pode perder um dos seus grandes obreiros”. “Entendo que esteja desapontado com a falta de apoios, mas abandonando agora poderia deixar o clube numa situação difícil. Qualquer sócio verifica que o clube está cada vez mais profissional e estruturado. Qualquer adepto sente-se encantado pela qualidade superior do futebol da nossa equipa. Ou seja, o clube está definitivamente no caminho certo. Nota-se que há uma política desportiva correta e que vai dar os seus frutos”, referiu.

O NT ouviu também algumas personalidades do concelho, que apelam à continuidade do presidente.

Joana Lima, presidente da Câmara Municipal, considera que falar sobre Rui Silva “é reconhecer o trabalho, o empenho e a entrega de um grande trofense, que conseguiu levar longe o nome da Trofa e o prestígio do desporto do nosso concelho”.

A edil referiu ainda o “excelente trabalho que realizou junto das camadas jovens, estimulando os mais novos a aproximarem-se do desporto e de um Clube que tem já mais de 80 anos de história”. “Olhando o futuro com orgulho e redobrada expectativa, esperamos que o presidente Rui Silva prossiga o seu trabalho à frente do Trofense”, concluiu.

Já António Azevedo, presidente da Junta de Freguesia de Santiago de Bougado salientou “o importante trabalho feito desde há três anos, quando levou o trofense à 1ª Divisão”. “Este ano lutou com todas as suas forças para que o Trofense voltasse à 1ª Liga. Claro que a experiência conta muito em atos de gestão e sendo um líder de uma direção como o Trofense é importante que ele não desanime e que apesar dos sacrifícios reveja a sua situação e volte a liderar o Trofense para o levar ao principal escalão de futebol”, salientou.

Como trofense e presidente da Junta de Freguesia de S. Martinho de Bougado, José Sá manifestou o seu “apreço” por Rui Silva e apelou “à sua continuidade” à frente dos destinos do clube, salientando ainda a “importância do apoio de todos os trofenses”.

Adepto atento, o pároco Luciano Lagoa exaltou o “excelente trabalho” feito por Rui Silva nas camadas jovens. “Acho fundamental, diria quase imprescindível, que Rui Silva continue à frente dos destinos do Trofense. Ficava muito feliz por isso, mas todos têm de ajudar, como os sócios e todas as forças vivas da nossa terra, porque sozinho, não será possível levar por diante o projeto que foi iniciado”.

Esta ideia também é defendida por Tiago, capitão da equipa profissional do Trofense: “Apelo às empresas e patrocinadores para colaborarem e ajudarem o clube, porque só uma pessoa é complicado geri-lo e se Rui Silva sentir apoio, tudo se torna mais fácil”.

O jogador não teve mãos a medir no que toca aos elogios ao presidente. “É uma pessoa dedicada, que gosta do clube, e que está com o grupo de trabalho nos bons e nos maus momentos. A sua continuidade é muito importante para o futuro do clube”, concluiu.

A Assembleia Geral do Trofense realiza-se na segunda-feira (13 de junho), às 20 horas.

{fcomment}