trofense_oliveirense
O Trofense deu um pontapé nos maus resultados que vinham assombrando a equipa e somou três pontos no triunfo sobre a Oliveirense, por 1-0.

Maciel marcou o único golo da partida aos 40 minutos, carimbando a segunda vitória da equipa no campeonato que permitiu a fuga do último lugar.

O Trofense começou por criar perigo aos 13 minutos, com Silas a rematar à meia volta, mas a bola saiu ao lado da baliza.

Aos 16 minutos, Bafode rematou à entrada da grande área e um desvio da defesa quase traía Riça que teve que se esticar para evitar o golo da Oliveirense.

Num jogo atípico e nem sempre bem jogado, Maciel ainda tentou surpreender o guardião Marco quando todos esperavam pelo fora-de-jogo, mas a bola saiu pela linha final.

Depois foi a vez da Oliveirense criar perigo, com Cícero a cruzar, mas sem ninguém na grande área para encostar.

Aos 40 minutos, na sequência de um livre, Maciel aproveitou a boa posição para fazer o primeiro golo da tarde, que premiou a maior iniciativa do Trofense ao ataque.

Na segunda parte, o Trofense podia ter entrado com mais um golo, mas Silas desistiu do lance, quando Xico Silva também não conseguiu cortar.
Aos 19 minutos, mais uma dor de cabeça para Vitor Oliveira. Paulinho lesionou-se e teve que abandonar o relvado com muitas queixas. O lateral vai ser avaliado para saber qual a gravidade da lesão.
O Trofense continuou à procura do golo da tranquilidade e Filipe Gonçalves esteve perto, mas Marco tapou todos os caminhos da sua baliza.
A Oliveirense não queria sair da Trofa com uma derrota e foi atrás do resultado, mas do outro lado Riça também estava em tarde inspirada.
Antes do apito final Reguila ainda teve tempo para testar Marco, que não foi em cantigas.
Depois desta vitória, o Trofense volta à acção já na próxima quarta-feira para jogar a 2ª jornada da Taça da Liga com o Fátima, pelas 16 horas, na Trofa.

Jogo no Estádio do CD Trofense, na Trofa.

Trofense – Oliveirense, 1-0.

Ao intervalo: 1-0.

Marcadores:

1-0, Maciel, 41 minutos.

Equipas:

– Trofense: Riça, Paulinho (Bruno Sousa, 65), Pedro Ribeiro, Nuno Mendes, Igor, Tiago, Mércio, Filipe Gonçalves (Hélder Sousa, 82), Maciel, Williams e Silas (Reguila, 60).

(Suplentes: Marco, Romeu Ribeiro, Hélder Sousa, Reguila, Rafa, Charles Chad e Bruno Sousa).

– Oliveirense: Marco, Queirós, Jorge Humberto (Robson, 72), Cícero, Xico Silva, Laranjeira, Magano (Ronaldo, 46), Godinho, Bafode (João Pedro, 60), Banjai e Pascal.

(Suplentes: Tó Ferreira, Robson, Vítor, João Pedro, Luís Coentão, Ronaldo e Jorginho)

Árbitro: Jorge Sousa (Porto).

Acção disciplinar: Cartão amarelo para Mércio (48), Paulinho (61), Jorge Humberto (69), Williams (70) e Riça (92).

Assistência: Cerca de 1000 espectadores.