Comissão Administrativa do Clube Desportivo Trofense organizou, na noite de quinta-feira, 26 de abril, um jantar com as empresas do concelho, para angariar fundos.

Com o intuito de angariar verbas para ajudar a suportar os compromissos assumidos, a Comissão administrativa do Clube Desportivo Trofense promoveu um jantar com os empresários trofenses. O restaurante Lina, na
Maganha, Santiago de Bougado, foi o local escolhido para acolher esta iniciativa que contou com a participação de cerca de 20 empresários. José Leitão, presidente da Comissão Administrativa do clube, contava com “a dádiva” das empresas, para que pudesse “pagar os salários que faltam aos jogadores”, que já não recebem desde fevereiro.

Apesar da dificuldade que os empresários atravessam, o presidente contou com “a boa vontade das pessoas”, que, de uma forma ou de outra, aceitaram colaborar com o clube trofense. “As pessoas que não vão estar presentes, que são uma dezena delas, por motivos profissionais, disseram-me para passar e levar uma lembrança que vão colaborar connosco. De qualquer maneira, senti nas pessoas a vontade de ajudar, embora o momento não seja o ideal”, confidenciou. 

Ricardo Santos, provedor do adepto, estava otimista quanto a este evento, onde se tentou “apelar à alma trofense, para que se junte e apoie o clube”. O empresário Carlos Martins afirmou que foi com “naturalidade” que recebeu o convite, frisando a necessidade do apoio das empresas ao “clube que representa o nosso concelho”. “Esta Administração, digamos provisória, do clube não está a trabalhar para ele, está a trabalhar para a comunidade, para o clube. Portanto acho que fez bem em convidar as empresas que representam aqui o concelho da Trofa para este jantar e, possivelmente, para uma ajuda, porque estamos agora no final de época e penso que o clube precisa e bem merece pelo esforço que têm feito, tanto financeiro, como dos próprios atletas, direção e todos os membros”, salientou, mencionando que “não é fácil sustentar um clube na liga de honra”.

Também a Câmara Municipal da Trofa esteve presente, representada por Joana Lima, presidente, e Teresa Fernandes, vereadora do pelouro do desporto. “Todos estamos a passar grandes dificuldades, mas é nestes momentos também que se veem as pessoas que podem ajudar, contribuir, ser amigas do Trofense e acredito sinceramente que melhores dias virão para o clube, que irá passar por esta dificuldade. É nestas alturas de dificuldade que temos que mostrar que estamos a par do clube, sendo que os adeptos e empresários estão para ajudar”, asseverou Teresa Fernandes, salientando que a autarquia está presente “para dar o seu pequeno contributo e ajudar” o clube. 

A autarquia trofense tem dado “apoio em termos de transporte às camadas jovens”, estando disponível a despender “outro tipo de apoio” sempre que seja possível. Dadas as dificuldades que o clube atravessou durante o ano, desde financeiras à “falta de estabilidade”, a vereadora do pelouro do desporto felicitou “toda a equipa pelos excelentes resultados que alcançou”.

No final, foram entregues lembranças a todos os que participaram neste jantar de angariação.

meo808085net

{fcomment}