O Olhanense venceu hoje o Trofense, por 1-0, quebrando o jejum de vitórias "caseiras" na Liga de Honra de futebol, na setima jornada. Com esta derrota o clube da trofa está agora em terceiro lugar. 

    Num encontro muito fraco, os locais souberam guardar um tento madrugador perante um Trofense que foi incapaz de tirar proveito do seu ascendente e sofreu a sua segunda derrota no campeonato, após cinco jogos sem perder.

     O jogo abriu praticamente com o golo da equipa da casa. Aos 9 minutos, João Capela castigou uma entrada de Valdomiro sobre Toy na grande área e Ricardo Silva converteu a respectiva grande penalidade, que deixou algumas dúvidas.

    O Trofense não se deixou afectar e  aos poucos, começou a tomar conta da partida, ainda que o domínio não se expressasse, até ao intervalo, em ocasiões claras de golo.

    Paulo Sérgio tentou por duas vezes, rematando ao lado (19) e à figura (27), e Pinheiro protagonizou o lance mais perigoso (31), com um tiro de longe que Bruno Veríssimo "sacudiu" para canto.

    Remetido à sua defensiva, o Olhanense tentava sair para o ataque, num esforço inconsequente, exceptuando-se até ao intervalo um remate cruzado de Ricardo Silva, aos 26 minutos.

    Dois minutos depois do início do segundo tempo, o conjunto local teve uma oportunidade flagrante: Ricardo Silva, pela direita da grande área, não teve arte nem engenho para rematar de forma certeira.

    O Trofense voltou ao controlo da partida mas revelava pouca capacidade para ultrapassar a defesa dos algarvios, cuja única preocupação passava por guardar o triunfo, apostando no contra-ataque sem grandes resultados.

    O técnico forasteiro bem arriscou, retirando elementos defensivos em prol de um ataque mais recheado, ao qual, contudo, as bolas não chegavam em condições.

    Aos 82 minutos, tudo se complicou para a equipa de Toni Conceição, que viu Edu Sousa ser expulso por uma suposta entrada  sobre Fumo, mas o jogador da Trofa toca apenas a bola. Esteve mal a equipa de arbitragem.

    Em inferioridade numérica, os trofenses pressionaram sem quaisquer frutos, enquanto o Olhanense guardou um triunfo que lhe permitiu saltar na tabela.

   

    Jogo no Estádio José Arcanjo, em Olhão.

    Olhanense – Trofense, 1-0.

    Ao intervalo: 1-0.

    Marcadores:

    1-0, Ricardo Silva, 9 minutos (grande penalidade).

   

    Equipas:

    – Olhanense: Bruno Veríssimo, Bruno Mestre, Sandro, Javier Cohene, Hugo Luz, Marco Couto, Loukima (Jaime, 50), Guga, Toy, Ricardo Silva (Rui Duarte, 65) e Fumo (Pedro Correia, 85).

    (Suplentes: Walter, Pedro Correia, Messi, Djalmir, Rui Duarte, João Martins e Jaime).

    – Trofense: Paulo Lopes, Maia, Milton do Ó, Valdomiro (Rui Borges II, 75), Nuno Pinto, Kazeem (Edu Sousa, 54), Pinheiro, André Barreto, Fábio Paim (Vítor Hugo, 60), Paulo Sérgio e Rui Borges I.

    (Suplentes: Marco, Edu, Vítor Hugo, Rui Borges II, Edu Sousa, Zamorano e Idalécio).

   

    Árbitro: João Capela (Lisboa).

    Acção disciplinar: Cartão amarelo para Guga (19), Paulo Sérgio (30), Jaime (61), Pedro Correia (88) e Maia (95). Cartão vermelho directo para Edu Sousa (82).

    Assistência: Cerca de 2.000 espectadores.

Resultados Liga Vitalis

– Sábado, 06 Out:

   
Santa Clara – Fátima, 0-0

   
– Domingo, 07 Out:

   
Freamunde – Rio Ave, 4-4

   
Olhanense – Trofense, 1-0

   
Beira-Mar – Estoril-Praia, 3-2

   
Penafiel – Varzim, 0-0

   
Desportivo das Aves – Feirense, 1-1

   
Vizela – Gondomar, 2-1

   
Gil Vicente – Portimonense, 2-1

Classificação

                              CASA            FORA            TOTAL

   
CL   EQUIPA      V  E  D  M  S   V  E  D  M  S  J  V  E  D  M  S  P

   
  1 SANTA CLARA : 3  1  0  4- 1: 2  1  0  6- 4: 7  5  2  0 10- 5: 17

   
  2 VIZELA      : 3  1  0 11- 4: 1  1  1  3- 3: 7  4  2  1 14- 7:       14

   
  3 TROFENSE    : 3  0  0  4- 1: 1  1  2  4- 5: 7  4  1  2  8- 6:    13

   
  4 BEIRA-MAR   : 3  0  1  6- 4: 1  1  1  2- 5: 7  4  1  2  8- 9:    13

   
  5 OLHANENSE   : 1  2  1  3- 3: 2  1  0  4- 2: 7  3  3  1  7- 5:  12

   
  6 VARZIM      : 2  1  0  4- 0: 1  2  1  6- 3: 7  3  3  1 10- 3:     12

   
  7 RIO AVE     : 2  1  0  3- 1: 1  2  1  8- 9: 7  3  3  1 11-10:   12

   
  8 ESTORIL     : 2  0  1  6- 5: 2  0  2  7- 9: 7  4  0  3 13-14:  12

   
  9 GIL VICENTE : 3  1  0  7- 2: 0  1  2  1- 3: 7  3  2  2  8- 5:  11

   
10 CD FATIMA   : 2  1  0  6- 3: 0  3  1  2- 4: 7  2  4  1  8- 7:    10

   
11 FREAMUNDE   : 1  1  2  7- 8: 1  0  2  3- 5: 7  2  1  4 10-13:    7

   
12 FEIRENSE    : 1  1  1  5- 4: 0  2  2  2- 4: 7  1  3  3  7- 8:        6

   
13 DESP. AVES  : 1  1  2  6- 7: 0  0  3  2- 5: 7  1  1  5  8-12:      4

   
14 PORTIMONENSE: 0  2  1  1- 5: 0  2  2  2- 4: 7  0  4  3  3- 9:  4

   
15 GONDOMAR    : 0  2  1  3- 4: 0  0  4  3- 8: 7  0  2  5  6-12:    2

   
16 PENAFIEL    : 0  2  2  2- 4: 0  0  3  1- 5: 7  0  2  5  3- 9:        2

Proxima Jornada  – 8ª  (28 Out):

   
Estoril-Praia – Santa Clara

   
Trofense – Beira-Mar

   
Varzim – Olhanense

   
Rio Ave – Penafiel

   
Feirense – Freamunde

   
Gondomar – Desportivo das Aves

   
Portimonense – Vizela

   
Fátima – Gil Vicente