A equipa da Trofa voltou a empatar, desta vez, no reduto difícil do Estoril. O conjunto liderado por Tulipa podia ter vencido a partida, mas não aproveitou as oportunidades que dispôs.

  O Trofense bem pode agradecer a "benção nos postes" e a inspiração de Paulo Lopes no jogo da nona jornada que opôs o conjunto comandado por Toni e o Estoril. Os canarinhos que na jornada passada não tiveram muitas dificuldades em golear o então líder Santa Clara, na partida com a equipa da Trofa demonstrou muita falta de pontaria. Os golos, que resultaram no empate a uma bola, foram fruto da infelicidade de Miguel Oliveira e Milton do Ó, que introduziram o esférico na própria baliza.

Os estorilistas, mais acutilantes em grande parte do encontro, dispuseram de oportunidades soberanas de golo, mas acabaram por conseguir concretizar somente uma, curiosamente depois de estarem em desvantagem num lance infeliz de Miguel Oliveira. Zamorano, aos 64 minutos, fugiu pela direita, atrasou para Vítor Hugo que rematou defesa estorilista desviou, com a bola a enrolar para o 0-1.

Contudo o Estoril podia estar a vencer logo aos 6 minutos, mas André Cunha acertou na trave. Também Celestino, num livre directo, acertou no poste, aos 44 minutos.

O Trofense apenas equilibrou a contenda no período em que chegou ao golo, mas depois de estar em vantagem, inibiu-se e deu o controlo do jogo à equipa liderada por Tulipa, que dispôs de grandes oportunidades para marcar. Numa delas, curiosamente menos flagrante, acabou por empatar a partida, também na sequência de um auto-golo. Num pontapé livre, Celestino cruzou para a grande área trofense, André Cunha não tocou e Milton do Ó traiu Paulo Lopes.

Depois do golo do empate a equipa da casa teve três ocasiões para vencer o jogo. Dagil falhou o chapéu ao guardião trofense, André Cunha obrigou Paulo Lopes a grande intervenção e já perto do fim Celestino rematou por cima.

Com este empate, o Trofense subiu para o quinto lugar e é uma das equipas que compõe o trio com 15 pontos, assim como Beira-Mar e Gil Vicente. O Estoril manteve a distância pontual para os trofenses. O Vizela é o novo líder da Liga Vitalis, com 18 pontos, com igualdade pontual com o Rio Ave.

 

Toni: "Ganhar um ponto aqui não é fácil"

Recordando o resultado positivo do Estoril na jornada passada, Toni reforçou que pontuar no reduto do Estoril não é tarefa fácil. "Vimos que ainda na semana passada esta equipa goleou aqui o Santa Clara, por isso levar um ponto daqui não é fácil", referiu o técnico.

Toni assumiu que o Estoril "podia ter ampliado o resultado, pelas oportunidades que dispôs", mas não deixou de frisar o pouco empenho do Trofense nesta partida: "considero que a equipa ficou àquem daquilo que pode e deve fazer em relação a algumas situações no jogo, pois já é reincidente estarmos em vantagem e equipa inibir-se".

Tulipa: "Tivemos oportunidades suficientes para sair do jogo com outro resultado"

O rosto de Tulipa, no final da partida, espelhava o desalento de não ter conseguido alcançar os três pontos: "tivemos oportunidades suficientes para conseguirmos outro resultado, mas no futebol há destas coisas. Há jogos em que a bola entra por tudo e por nada, como aconteceu no passado fim de semana, e outros dias em que tentamos de todas as maneiras e a bola não entra" referiu o treinador, que também não deixou de sublinhar o grande potencial do Trofense, composto "por jogadores muito experientes".

Veja o video em www.trofa.tv

 

Jogo: Estádio António C. da Mota

Estoril: Ernesto, Dagil, Leandro (Luís César 88'), Varela, Celestino, André Cunha, Eduardo, Pedro Duarte (Luís Carlos 65'), Miguel Oliveira, Marco (Emerson 78') e Marco Bicho

Treinador: Tulipa

Trofense: Paulo Lopes, Valdomiro, Edu, Pinheiro, Milton do Ó, Kazeem, Nuno Pinto, Zamorano, Cascavel (Idalécio 70'), Paulo Sérgio (Reguila 80') e Fábio Paim (Vitor Hugo 55')

Treinador: Toni

Árbitro: Carlos Xistra, auxiliado por Luís Marcelino, Valter Oliveira e Rui Dias

Cartões Amarelos: Milton do Ó (44'), Fábio Paim (42'), Marco (54'), Miguel Oliveira (73'), Nuno Pinto (82') e Celestino (82')

Marcadores: Miguel Oliveira (64' a.g.) e Milton do Ó (78' a.g.)

Resultado ao intervalo: 0-0

Resultado final: 1-1

 

Resultados 9ª jornada

Santa Clara 1-4 Gil Vicente

Freamunde 0-0 Gondomar

Desp. Aves 2-0 Portimonense

Vizela 1-0 Fátima

Estoril 1-1 Trofense

Olhanense 0-3 Rio Ave

Penafiel 0-1 Feirense

Beira-Mar 1-1 Varzim

 

Próxima jornada (11-11-2007)

Varzim-Estoril

Trofense-Santa Clara

Feirense-Olhanense

Gondomar-Penafiel

Portimonense-Freamunde

Fátima-Desp. Aves

Gil Vicente-Vizela

Rio Ave-Beira-Mar

 

Classificação

  1. Vizela – 18 pontos

  2. Rio Ave – 18 pontos

  3. Santa Clara – 17 pontos

  4. Estoril – 16 pontos

  5. Trofense – 15 pontos

  6. Beira-Mar – 15 pontos

  7. Gil Vicente – 15 pontos

  8. Varzim – 14 pontos

  9. Olhanense – 13 pontos

  10. Fátima – 11 pontos

  11. Freamunde – 11 pontos

  12. Feirense – 9 pontos

  13. Desp. Aves – 8 pontos

  14. Portimonense – 5 pontos

  15. Gondomar – 4 pontos

  16. Penafiel – 2 pontos