Iniciativa ajuda a enviar roupa e calçado desde 2007 para países africanos

Recolher roupa e calçado para enviar para os países africanos e diminuir o número de toneladas de resíduos sólidos urbanos a depositar em aterro são dois dos objectivos da campanha que está a ser desenvolvida no concelho, pela Trofáguas e pela Fundação Centro Cristão Juvenil, desde 2007. Na passada quarta-feira foram colocados mais nove roupões no concelho.

 A Trofáguas – Serviços Ambientais, EEM, tem desde 2007, nove roupões nas freguesias de S. Martinho de Bougado, Santiago de Bougado, S. Mamede do Coronado e S. Romão do Coronado. Mas dado o sucesso e a aceitação da iniciativa por parte da população, já existem no concelho mais nove contentores.

Alvarelhos, Covelas, Guidões e Muro eram as freguesias do concelho que ainda não tinham um roupão. Em Alvarelhos foram colocados dois, um na Rua do Cruzeiro e na Escola EB 2,3 da freguesia. Já em Covelas o roupão está localizado no lugar do Outeiro, em Guidões nas instalações da Junta de freguesia e na freguesia do Muro o roupão está no Largo da Serra.

Foram ainda colocados mais quatro contentores de recolha de roupa e calçado. Em S. Martinho, onde já existiam quatro, foi colocado mais um no lugar da Esprela. Em Santiago de Bougado, aos três roupões já colocados, juntou-se mais um no lugar de Bairros. Já em S. Mamede do Coronado, onde havia um roupão, foi colocado outro no Largo de Trinaterra e S. Romão do Coronado passa a ter também dois contentores: um que foi colocado no lugar do Seixinho e o que está junto à Estação da CP.

A Trofáguas e a Fundação Centro Cristão Juvenil, recolhem agora roupa e calçado de 18 roupões no concelho da Trofa.

O vestuário e calçado devem ser colocados nos contentores, dentro de um saco plástico devidamente fechado, para facilitar a recolha e selecção dos objectos, acções que são da responsabilidade do Centro Cristão Juvenil, sedeado em Seia e com uma delegação em Braga. Os artigos recolhidos destinam-se a países como Angola, Guiné e Moçambique.